Lourdes Monteiro pede que moradores do Jamil Derzi sejam atendidos em posto de saúde mais perto de casa

A vereadora Lourdes Monteiro – Assessoria

A vereadora Lourdes Monteiro pediu, por meio de uma indicação apresentada na sessão ordinária de 11 de maio, na Câmara Municipal de Ponta Porã, que a Secretaria Municipal de Saúde, promova o remanejamento dos usuários do bairro Jamil Saldanha Derzi que, atualmente, são atendidos na unidade de saúde do bairro Jardim Coimbra, para a unidade de saúde do bairro Residencial Ponta Porã I.

Lourdes explicou que a medida é necessária como forma de garantir aos moradores mais fácil acesso ao atendimento de saúde. “Segundo informações dos cidadãos que residem no bairro Jamil Saldanha Derzi, esses moradores, anteriormente, eram atendidos na unidade de saúde do bairro Residencial Ponta Porã I, porém, devido a uma reforma neste posto, os usuários foram transferidos e, atualmente, são atendidos na unidade de saúde do bairro Jardim Coimbra, ficando muito mais distante do bairro onde vivem. A distância se tornou a principal dificuldade enfrentada pelos usuários deste bairro, pois, muitos cidadãos não possuem meio de locomoção própria. Ademais, o posto do Residencial Ponta Porã I já concluiu a reforma e, por isso, o remanejamento para este bairro se torna pertinente, pois, facilitaria a locomoção e acesso à unidade de saúde a toda população que reside no bairro Jamil Saldanha Derzi, como era de forma inicial”, explicou a parlamentar no documento encaminhado ao prefeito Helio Peluffo Filho e ao secretário municipal de Saúde, Patrick Derzi.

Sinalização

Lourdes Monteiro também apresentou indicação solicitando a sinalização/identificação aos quebra-molas da Avenida Pedro Ângelo da Rosa, no bairro Vila Áurea.

Segundo ela, “a falta de sinalização/identificação nos quebra-molas acarreta riscos à população que trafega pela via, pois, principalmente no período noturno, os motoristas não conseguem visualizar os quebra-molas. Ademais, por consequência da falta de visibilidade ocasionada pela não sinalização, os motoristas muitas vezes acabam “rampando” esses quebra-molas e se desequilibrando, podendo assim ocorrer acidentes, tornando, por estes motivos, a solicitação urgente”, declarou Lourdes Monteiro.

A indicação foi encaminhada ao prefeito Helio Peluffo Filho com cópias aos secretários André Manosso (Obras e Urbanismo) e Marcelino Nunes de Oliveira (Segurança Pública e Trânsito).

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.