Liverpool vence Villarreal e abre vantagem na semifinal da Champions

O Liverpool venceu o Villarreal nesta quarta-feira e abriu vantagem para a vaga na final da Liga dos Campeões. Segundo a Gazeta Esportiva, o duelo foi em Anfield, e o time de Jurgen Klopp dominou a partida e venceu por 2 a 0, com gols de Estupiñán (contra) e Mané, ambos no segundo tempo.

Com o resultado, os ingleses podem empatar ou perdeu por até um gol de diferença para carimbar a vaga na final. O duelo de volta será próxima terça-feira, às 16 horas (de Brasília), na Espanha.

O Liverpool volta a campo no sábado, quando visita o Newcastle, pelo Campeonato Inglês, às 08h30 (de Brasília). O Villarreal, por sua vez, joga fora de casa contra o Alavés, pelo Espanhol, no mesmo dia, às 09 horas (de Brasília).

O jogo – Jurgen Klopp mandou o Liverpool a campo com: Alisson, Alexander-Arnold (Joe Gomez), Konaté, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson (Keita) e Thiago; Salah, Mané (Diogo Jota) e Luis Díaz (Origi).

No primeiro tempo, os ingleses chegaram com perigo aos 11 minutos. Salah recebeu na direita, cortou para o meio e lançou para Mané que, livre de marcação, cabeceou para fora.

Aos 32, o Liverpool chegou novamente, desta vez com Mané. O senegalês recebeu na entrada da área, girou e bateu, a bola ainda desviou na defesa e passou perto da trave.

Já nos minutos finais, Thiago ficou muito perto de abrir o placar. O meio-campista hispano-brasileiro soltou uma bomba de fora da área, a bola bateu no canto da trave e saiu pela linha de fundo.

Segundo tempo

Aos quatro minutos, os donos da casa tiveram um gol anulado. Mané cabeceou para a pequena área e Van Dijk ajeitou para Fabinho mandar para o fundo das redes. Porém, o zagueiro holandês estava em posição irregular.

Aos sete, finalmente veio o gol do Liverpool. Henderson cruzou para a área, a bola desviou em Estupiñán e enganou o goleiro Rulli, que ainda chegou a tocar na bola, mas não impediu o tento.

Logo depois, aos 10, os Reds ampliaram. Após troca de passes na área, Salah acionou Mané na ultrapassagem, e o senegalês, sem marcação, tocou na saída do goleiro.

Aos 18, o Liverpool teve mais um gol anulado. Desta vez, Robertson recebeu cruzamento e chutou de primeira para o fundo das redes, mas estava em impedimento.

A partida seguiu os comandados de Klopp tendo amplo domínio. O Villarreal finalizou apenas uma vez durante os 90 minutos.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.