Lia Nogueira durante fiscalização da Hayel Bon Faker – Divulgação

Após receber denúncias e reclamações dos moradores sobre o tapa-buracos em Dourados, a vereadora Lia Nogueira (PR), foi em várias regiões da cidade para fiscalizar o trabalho. Um dos locais visitados foi o cruzamento da Rua Hayel Bon Faker com a Avenida Marcelino Pires, na área central da cidade.

Segundo a vereadora, o serviço de tapa-buracos neste que é um dos cruzamentos mais movimentados de Dourados, não durou 24 horas. ” O serviço foi feito em um dia e no outro já está assim. Com a chuva a massa asfáltica se desprendeu e a via voltou a ficar esburacada”, explicou Lia Nogueira.

A vereadora disse que é inaceitável uma obra que não tenha garantia de durabilidade, ainda mais se tratando de malha asfáltica. “Neste caso da Hayel Bon Faker nem precisa ser um técnico em obras para constatar que o serviço foi mal executado. A massa asfáltica não chegou a fixar e na primeira chuva os buracos voltaram a aparecer”, esclareceu a vereadora.

Lia Nogueira esteve também vistoriando o serviço de tapa-buracos nos bairros. Na Vila Planalto, por exemplo, o problema constatado foi o mesmo do centro de Dourados. Massa asfáltica mal aplicada e remendos que causaram desnível na pista. “As pessoas cobraram tanto por esse serviço e agora a gente vê que a obra da prefeitura não surtiu o resultado esperado. Como o vereador é um fiscal da população, vou questionar a administração municipal sobre o trabalho realizado aqui”, garantiu a parlamentar.

Segundo Lia Nogueira, qualquer obra executada pela prefeitura é custeada com recurso público e, portanto, há a necessidade de que o processo seja transparente. “A população tem o direito de saber onde e de que forma esse dinheiro está sendo aplicado. À prefeitura cabe a execução das obras com compromisso e responsabilidade e é o que vamos cobrar da administração municipal”, ressaltou Lia Nogueira.