O IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas), de Dourados (MS), está presente na 5ª etapa campo-grandense da InterCorte, evento que percorre os principais polos de produção de carne no Brasil para levar informação, discussão e tecnologia aos produtores rurais, com um laboratório para fazer ensaios microbiológicos e físico-químicos de amostras de carne bovina in natura.

Segundo a coordenadora do LabSenai Alimentos, Hellenicy Vitor Rezende, serão realizados três ensaios microbiológicos, que são o NMP de coliformes termotolerantes, Bacillus cereus e Staphyloccus aureuspelo método Petrifilm. “Esses três ensaios são realizados com o objetivo de testar a qualidade do produto, com base na legislação vigente. Serve tanto para pecuaristas quanto para a indústria frigorífica que deseja atestar a qualidade da carne produzida”, explicou a pesquisadora.

A Intercorte, que começou nesta quinta-feira (20/07) e prossegue até sexta-feira (21/07), reúne os elos da cadeia produtiva da carne bovina brasileira, com foco em sistemas de produção para qualidade de carne. O presidente do Sicadems (Sindicato das Indústrias de Frios, Carnes e Derivados de Mato Grosso do Sul), Ivo Cescon Scarcelli, destacou a relevância do evento e da participação do Senai por meio do Laboratório de Alimentos.

“Vivemos uma fase conturbada na cadeia produtiva da carne. Iniciativas como a InterCorte ajudam a fortalecer o segmento e a presença do Senai, demonstrando alternativas para comprovar a qualidade da carne produzida no Estado, soma ainda mais a este objetivo”, avaliou Ivo Scarcelli.