Em continuidade ao trabalho de suporte na área de desenvolvimento de ideias de novos produtos, o Laboratório Aberto Senai de Inovação e Criatividade, que integra o complexo do IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas), em Dourados (MS), acaba de concluir o desenvolvimento da chipa paraguaia e do pão de queijo mineiro para a empresa de salgados e derivados “Los Muchachos”, de Ponta Porã. Conforme a pesquisadora industrial Stella Fernanda de Aquino Oliveira, do Laboratório Aberto Senai de Inovação e Criatividade, o empresário Eduardo Gaúna, proprietário da fábrica de salgados e derivados “Los Muchachos”, foi atendido pelo programa SibraTecShop, que tem como realizadores o Senai, o Sebrae e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

“O atendimento foi realizado em Dourados, pois é aonde está localizado o único laboratório aberto na área de alimentos e bebidas do Brasil. Com ele, foi trabalhado desde a concepção da ideia, desenvolvimento, prototipagem, treinamento e modelamento do negócio”, declarou Stella Fernanda de Aquino Oliveira, acrescentando que o Laboratório Aberto Senai de Inovação e Criatividade atua como facilitador para atender a demandas tecnológicas de empreendedores, visando transformar ideias e sonhos em negócios. “O êxito não poderia deixar de ser consagrado e o empresário hoje oferece produtos exclusivos, com qualidade acima da encontrada no mercado”, pontuou.

Parceria

Ela explica que a empresa “Los Muchachos” também contou com outra parceria entre o Senai e o Sebrae, por meio do Programa SebraeTec, para a elaboração da logomarca da empresa, bem como sua configuração geral no que diz respeito à funcionalidade e arte visual. “Com amplas possibilidades de expansão, a empresa passará a oferecer franquias, o que estará à disposição dos interessados a partir de 2018. Com isso, cumprimos a missão do IST Alimentos e Bebidas, que é de promover a competitividade da indústria sul-mato-grossense”, destacou.

Já o empresário Eduardo Gaúna, que atua no ramo de alimentação há 20 anos, declara que a qualidade do produto está em primeiro lugar e, por isso, optou por buscar subsídios e apoio técnico do Laboratório Aberto Senai de Inovação e Criatividade para produzir o que pudesse ter de melhor no mercado. “O atendimento ampliou a capacidade da empresa por inovação em novos produtos, reduzindo os riscos e incertezas inerentes ao processo de inovação, contribuindo para a diminuição do chamado vale da morte”, garantiu.

O laboratório

O Laboratório Aberto Senai de Inovação e Criatividade, que funciona nas dependências do IST Alimentos e Bebidas, já desenvolveu alguns produtores inovadores, como ração para jacaré, shake para idosos, desenvolvimento de produtos cárneos, bebidas, embutidos e produtos instantâneos. O local é o primeiro e único que atua no apoio a competitividade das indústrias de alimentos e bebidas, desde o refinamento do conceito da ideia, o desenvolvimento e testes de produtos e processos, assim como o apoio na criação do modelo comercial, utilizando o modelo de co-criação entre especialistas do Senai e empreendedores.

Segundo o diretor-técnico do Senai, Gilberto Schaedler, o laboratório é um ambiente que proporciona aos estudantes, universitários, startups, incubadoras tecnológicas, empresas juniores, micro e pequenos empreendedores, pequenas, médias e grandes empresas e empreendedores a possibilidade de desenvolver ou aperfeiçoar suas ideias, processos, produtos e negócios. “Além disso, garante mais acessibilidade dos empreendedores à estrutura do Senai e proporciona oportunidades de novos negócios, fortalecendo a cadeia produtiva e gerando inovação em produtos, serviços, processos e tecnologia”, disse.

Serviço – Mais informações sobre o IST Alimentos e Bebidas podem ser obtidas diretamente na sede da unidade, que fica na Rua 20 de Dezembro, nº 2.645, Bairro Jardim Rasslem, em Dourados (MS), ou pelo telefone (67) 3411-2600.