Acidente foi na noite deste domingo, 30 – Foto: Sidnei Bronka

O juiz da 2ª Vara Criminal de Dourados decidiu manter preso Cláudio G.L., de 36 anos. Nesta segunda-feira (1), ele passou por audiência de custódia após ser preso em flagrante pelo acidente de trânsito ocorrido na noite de ontem e que resultou na morte do guarda municipal Cleber Alfonso de Souza, 42 anos.

Segundo a 94fmdourados, no Fórum, o Ministério Público opinou oralmente pela conversão do flagrante em preventiva, enquanto a defesa requereu a liberdade provisória. Mas o magistrado decidiu manter a prisão cautelar pelos fundamentos expendidos em decisão anterior.

O acidente fatal ocorreu por volta das 21h45 de domingo (31). Guarda municipal há 21 anos, Souza estava chegando no posto para assumir o serviço com sua moto Honda Biz, pela Via Parque, quando o Cláudio, que estava com uma Pick-up Ford Courier, com placas de São Paulo, invadiu a pista do guarda e bateu de frente com a motocicleta que ele estava. Com o impacto, a moto foi parar embaixo do veículo.

Após o acidente, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local, mas a vítima já estava morta. O teste do bafômetro apontou que o motorista da Pick-up estava embriagado e foi decretada a prisão no ato. Os policiais informaram que o exame constatou 0,80 miligramas de álcool por litro de ar expelido.