Justiça de Brasília suspende acordo de leniência da J&F

Medida foi tomada por conta de imbróglio com Joesley e Saud

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, anunciou a suspensão da homologação do acordo de leniência do grupo J&F, que inclui o empresário Joesley Batista, da JBS, até que o Supremo Tribunal Federal defina se a delação é válida ou não.

O mesmo magistrado havia homologado a leniência do acordo na última sexta-feira (8), mas mudou a decisão após a prisão de Joesley e do executivo da JBS, Ricardo Saud.

No despacho da ordem de prisão, o ministro do STF, Edson Fachin, suspendeu os acordos de delação dos dois executivos do grupo por conta de uma denúncia da Procuradoria-Geral da República após ouvir um áudio de uma conversa entre os dois.

Da AnsaFlash