Juscelino Cabral propõe “Educação para o Trânsito” nas escolas da rede municipal

Após audiência pública que debateu mudança de comportamento no trânsito, vereador protocolou na Câmara Municipal projeto de lei que institui Programa na Reme

Juscelino Cabral presidiu audiência pública que debateu a mudança de comportamento no trânsito de Dourados – Foto: Valdenir Rodrigues

Depois de a Câmara Municipal realizar, na quarta-feira (12), audiência pública com o tema “Maio Amarelo – A mudança de comportamento no trânsito”, o propositor do debate, vereador Juscelino Cabral (DEM), protocolou na Secretaria da Casa, projeto de lei que instituiu em Dourados o Programa “Educação para o Trânsito, a ser desenvolvido no âmbito das escolas da Rede Municipal de Ensino.

A audiência contou com as presenças de representantes do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da Guarda Municipal de Dourados – parceiros para um trânsito mais seguro -, além de vereadores, agentes públicos e técnicos da área de transporte e trânsito, que conheceram detalhes das ações desenvolvidas em Dourados em favor de um trânsito mais humano e discutiram propostas visando conscientizar a sociedade de que um deslocamento em via pública é responsabilidade de todos.

Em sua fala durante a audiência, Juscelino opinou que um trânsito humanizado deve ter por base educação, engenharia e fiscalização, com ênfase para a educação, responsável pela formação dos cidadãos.

Para o vereador, a transformação que se busca passa pela educação, empatia e respeito. Entende que a mudança de comportamento contribui para um trânsito mais humano. “São pequenas atitudes que transformam, como, por exemplo, sair de casa alguns minutos mais cedo, evitando a direção em alta velocidade, pois a pressa pode causar acidentes”, sintetiza.

Por acreditar que educação no trânsito começa na infância, o vereador protocolou na Câmara, projeto de lei que institui o “Programa Educação para o Trânsito” nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Dourados, destinado aos alunos do ensino fundamental.

“Penso que a educação para o trânsito deve começar já nos primeiros anos de escola, no pré-escolar, pois educando a criança, o aprendizado é para toda a vida”, finaliza Juscelino.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.