Dourados/MS, 28 de junho de 2017 - Agora:11:39
Home | Esportes | Dorival não vê falha de Vladimir em 1º gol e garante Santos nas quartas
Publicada em 20 de março de 2017 às 09:22

Dorival não vê falha de Vladimir em 1º gol e garante Santos nas quartas

O técnico do Santos, Dorival Júnior, não viu falha do goleiro Vladimir no primeiro gol que o Santos sofreu na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, no último domingo, na Vila Belmiro. De acordo com o treinador do Peixe, o arqueiro vem correspondendo desde que o titular Vanderlei lesionou a mão esquerda no início de fevereiro.

No lance, aos 40 minutos do segundo tempo, o lateral direito Jean recebeu de Róger Guedes e bateu cruzado, parecendo que a bola sairia. Vladimir, porém, preferiu cair para tentar fazer a defesa e acabou espalmando para dentro do gol. Aos 42, em jogada também pela direita, Guedes cruzou para Willian virar o duelo para o Palmeiras.

“Foi uma jogada de uma felicidade muito grande. Não sei se houve desvio ali, mas uma jogada difícil de ser cortada pela velocidade, batida cruzada. Isso acontece”, analisou, lembrando das boas defesas que Vladimir fez durante o clássico. “Os dois goleiros fizeram uma grande partida. O Fernando foi responsável por termos feito só um gol”, acrescentou, atribuindo a Prass o triunfo alviverde.

Reiterou ainda a confiança que Vladimir tem do elenco santista. “Sempre que foi preciso entrar, foi efetivo na maioria dos jogos, um jogador que cresceu assustadoramente. Um goleiro que vem nos passando muita tranquilidade e tem feito ótimas partidas”, ressaltou.

Com a derrota, o Santos segue fora da zona de classificação às quartas de final do Campeonato Paulista, na terceira posição do Grupo D, com 13 pontos ganhos, a três rodadas para o fim da primeira fase. No entanto, Dorival garante à torcida que o Peixe irá conquistar uma das vagas da chave. No momento, Ponte Preta, com 15 pontos, e Mirassol, com 14, avançariam no torneio.

“O Santos vai buscar sua classificação e vai encontrar o caminho, podem ter certeza”, assegurou, minimizando as críticas vindas da torcida após a derrota. “Meu trabalho é o que a equipe produziu. O resultado naturalmente não pesa a meu favor, porém o que a equipe está jogando…Esse é o nosso trabalho”, concluiu.

Dorival Júnior pode amenizar a pressão que recai sobre suas costas na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), quando o Santos encara o São Bento, em Sorocaba.

Da Gazeta Esportiva