Ishy busca parcerias para criar Central de Agricultura Familiar em Dourados

Ação inclui Poder Público, Universidade e Associação de Produtores e Produtoras

Assunto foi debatido durante reunião na prefeitura na última sexta-feira,19 – Assessoria

O vereador Elias Ishy está colocando em prática o compromisso com a agroecologia, feito antes mesmo da eleição. Ele e o atual prefeito, Alan Guedes, assinaram uma carta pela segurança e soberania alimentar e agora unindo o Poder Público, a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e a APOMS (Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul) em uma parceria, buscam uma Central da Agricultura Familiar em Dourados integrada a pesquisa.

Em reunião na prefeitura na última sexta-feira,19, o assunto foi debatido entre o vereador e o prefeito, juntamente com o secretário de Agricultura, Ademar Zanatta, o secretário de desenvolvimento, Cleriston Recalcatti, da rede APOMS, Olácio Komori e da UFGD, o professor Márcio Rogério e a acadêmica Camila Lopes, da engenharia de produção. Foram apresentadas as reivindicações para dar andamento aos trabalhos com o “sinal verde”, segundo Ishy, que já havia declarado, anteriormente, que gostaria que Dourados fosse reconhecida como “Cidade Agroecológica”. Para Alan, essa é uma grande oportunidade.

Em fevereiro, foram apresentados os desafios para a gestão durante um encontro na sede da APOMS no município.Lá, o prefeito lembrou, inclusive, que esteve em Brasília debatendo a construção da CEASA (Central de Abastecimento de Hortifrutigranjeiros) e os produtores entenderam que deveriam estar preparados para quando o local iniciasse o funcionamento. Também puderam falar sobre a melhoria das estradas e mostrar os produtos da agricultura, da economia solidária, bem como reivindicações das mulheres indígenas e quilombolas.

Além disso, ficou acordado que eles devem preparar, ainda este ano, o Encontro Nacional de Agroecologia com a ANA – Articulação Nacional de Agroecologia e outra atividade está prevista ainda neste mês para apresentar o projeto buscando emendas parlamentares para viabilizar recursos para o desenvolvimento do mesmo.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.