Internações por Covid-19 caem e mais de 40% dos leitos estão disponíveis em Dourados

O município tem atuado em diferentes frentes para garantir serviços de saúde à população

Até esta quinta-feira 38 dos 64 leitos destinados a Covid-19 estavam ocupados – Assecom

Quase um mês depois do fim do lockdown, a ocupação de leitos da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de Dourados caiu drasticamente. Com 100% de ocupação no final de maio, o boletim divulgado pela Sems (Secretaria Municipal de Saúde), mostra que até a quinta-feira (8), 38 dos 64 leitos destinados a Covid-19 estavam ocupados. Desta forma, o município segue com 41% das vagas disponíveis.

Das UTIs que estão ocupadas, 30 são de pacientes com o vírus, cinco são de pacientes no “pós-covid”, três de pacientes suspeitos, que aguardam a confirmação do teste.

“Não podemos estar confortáveis quando já perdemos mais de 600 douradenses para essa doença, mas continuamos vigilantes, trabalhando, porque sabemos que é o esforço coletivo que vai nos tirar desse momento. É com a vacinação de toda nossa população que teremos sucesso nessa pandemia, e temos dedicado todos nossos esforços nesse sentido”, declarou o prefeito Alan Guedes.

Vacinação

A principal arma no enfrentamento à pandemia segue sendo a vacinação contra a Covid-19. Dourados tem se destacado na imunização, 40,78% da população já foi imunizada com a primeira dose. A porcentagem corresponde a 91.965 pessoas que já receberam a D1.

Já com relação a Dose 2, de acordo com o vacinômetro, foram imunizadas pouco mais de 15% da população douradense, o que corresponde a mais de 35 mil pessoas.

No último sábado (3), Dourados bateu recorde de imunização. Cerca de 5,5 mil doses 1 de vacina contra a Covid foram aplicadas, em pouco mais de 10 horas de trabalho organizado pela prefeitura.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.