O Internacional é campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Colorado derrotou o Grêmio, nesta sábado no Pacaembu, nas cobranças de pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal, e ficou com o título do principal torneio de futebol de base.

Foi o quinto título do Colorado na competição, se unindo às conquistas de 1974, 1978, 1980 e 1998. Já o Grêmio, segue sem título na Copinha.

O jogo
Após primeira etapa sem gols, a decisão ganhou em emoção no segundo tempo. Em jogo mais aberto, o Grêmio abriu o placar aos sete minutos. O atacante Fabrício recebeu na ponta esquerda, deu uma caneta em Leonardo e invadiu a área e cruza; a bola desviou no zagueiro do Inter Tiago Barbosa, que acabou marcando contra.

Durante a comemoração, o zagueiro do Tricolor Gaúcho Alison Calegari se empolgou e pulou no alambrado da arquibancada. Como o defensor já estava pendurado, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, ainda aos oito minutos.

Com um menos, o Grêmio não conseguiu segurar a vantagem por muito tempo. Aos 12, Matheus Monteiro recebeu na esquerda, passou pela marcação e cruzou na área. O atacante Guilherme Pato dividiu com Matheus Nunes e a bola entrou após bate-rebate. 1 a 1 no Pacaembu.

Depois do empate, cada time ainda teve pelo menos uma chance de gol clara, mas não conseguiu marcar no tempo normal. Aos 17, Praxedes cobrou falta lateral para o Colorado e quase marcou. A bola saiu com força e precisão, mas acabou explodindo na trave.

Pouco tempo depois, aos 22, Elias recebeu com espaço no meio-campo em contra-ataque rápido. O atacante fez duas fintas e finalizou dentro da área, para grande defesa de Emerson. Já nos acréscimos, nova chance para o Tricolor. Elias achou Diego Rosa livre na área, o meia pegou de primeira, mas sem direção. Com o empate no tempo normal, a decisão seguiu para os pênaltis.

Pênaltis
Nos pênaltis, vitória por 3 a 1 do Internacional. O Colorado errou a primeira cobrança, com Matheus Monteiro; mas rapidamente se recuperou, com erros do Grêmio nos pés de Vitor Prado e Wesley Moreira. Cesinha marcou e abriu vantagem para o Inter.

Após cobrança certeira de Tiago Barbosa, que ampliou o placar, o Grêmio converteu seu único pênalti com Gazão. Na sequência, o terceiro gol do Colorado com Carlos Eduardo e a confirmação do título após erro de Gabriel Gonçalves.

Ficha Técnica
Internacional 1(3) x (1)1 Grêmio

Local: Pacaembu, São Paulo, SP
Data: 25 de dezembro de 2020 (sábado)
Horário: 10h (de Brasília)
Arbitragem: João Vitor Gobi
Auxiliares: 
Leandro Matos Feitosa e Rodrigo Meirelles Bernardo
Cartões amarelos: 
Mazetti e Volney (Internacional); Diego Rosa e Rildo (Grêmio)
Cartão vermelho: 
Alison Calegari (Grêmio)

GOLS
Grêmio: Tiago Barbosa (contra), aos sete minutos do 2º tempo
Internacional: Guilherme Pato, aos 12 minutos do 2º tempo

INTERNACIONAL: Emerson Júnior; Lucas Mazzetti, Tiago Barbosa, Carlos Eduardo e Leonardo; Murilo (Volnei), Praxedes (Thalis) e Cesinha; Matheus Monteiro, Guilherme Pato e Caio (Leonardo Muchacho).
Técnico: Fábio Matias

GRÊMIO: Adriel; Heitor, Alison Calegari, Luís Fernando (Gabriel Gonçalves) e Matheus Nunes; Diego Rosa, Gazão e Pedro Lucas (Natã); Rildo (Vitor Prado), Elias e Fabrício (Wesley Moreira).
Técnico: 
Guilherme Dalzotto

Da Gazeta Esportiva

Orteco