Tragédia foi repercutida nos principais veículos de comunicação

Incêndio atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo e deixou 10 mortos – Foto: EPA

O incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo, o “Ninho do Urubú”, nesta sexta-feira (8) no Rio de Janeiro, teve grande repercussão na imprensa internacional.

Na Itália, a tragédia foi destaque nos jornais “La Repubblica”, “Gazzetta dello Sport” e “La Stampa”.

A emissora britânica “BBC”, por sua vez, noticiou que 10 pessoas morreram e outras três ficaram feridas no incêndio. Além disso, ela destacou que o Flamengo é um dos principais clubes do Brasil e um dos mais reconhecidos internacionalmente.

Nos Estados Unidos, a rede “Fox News” destacou que as vítimas do incêndio são jovens atletas do clube carioca. A emissora “CNN”, por sua vez, informou que o fogo começou quando os adolescentes estavam dormindo, além de ter descrito que a partida entre Flamengo e Fluminense é “um dos maiores jogos do calendário brasileiro”.

O clássico, que seria realizado amanhã (9), no Maracanã, pelo Campeonato Carioca, foi cancelado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

O jornal espanhol “El País” relembrou que a cidade ainda está tentando se recuperar do forte temporal que caiu nesta quarta-feira (6), deixando seis mortos. O periódico também afirmou que o “Ninho do Urubú” está localizado em uma das áreas que foi afetada pela tempestade.

Por fim, o jornal argentino “Clarín” informou que a seleção da Argentina se hospedou no CT rubro-negro nos Jogos Olímpicos de 2016. Também foi destacado que o “Ninho do Urubú” é um dos centros de treinamento mais modernos da América Latina.

Da AnsaFlash