Andrea Leadsom é um dos nomes mais fortes do Partido Conservador – Foto: EPA

A ministra britânica para as Relações com o Parlamento, Andrea Leadsom, anunciou nesta noite (22) sua renúncia ao cargo, em discordância do novo plano da premier Theresa May para o Brexit.

Leadsom disse não estar de acordo com as concessões feitas por May na proposta atual para o Reino Unido deixar a União Europeia (UE), a qual abre portas para um segundo referendo no país.

A demissão de Leadsom, líder da Câmara dos Comuns, é a 36ª no governo de May, sendo que 21 delas foram ocasionadas pelo Brexit. Além disso, a saída ocorre um dia antes dos britânicos irem às urnas para as eleições europeias.

Leadsom é considerada um dos nomes mais fortes do Partido Conservador e já foi inclusive cogitada para liderar o governo. Enquanto isso, crescem as especulações e a pressão para que May deixe o cargo de premier e a direção do partido.

Da AnsaFlash