Equipe do Campus Naviraí participará da fase presencial da Olimpíada Brasileira de Agropecuária a partir de quinta-feira, 26, no Paraná – Divulgação

A partir de quinta-feira, 26, estudantes do Campus Naviraí do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) representam o estado na Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP). A competição, realizada em Foz do Iguaçu (PR), reunirá 30 equipes de cursos técnicos do eixo tecnológico Recursos Naturais de todo o país.

A equipe “AgroIF-NV” é formada pelos estudantes João e Pedro Lorençone e Luana Loyo, todos do 6º semestre do curso técnico integrado em Agricultura. A orientação é do professor de Ciências Agrárias do IFMS, Lucas Aparecido.

A classificação para a etapa presencial, na modalidade concomitante/integrado, foi obtida a partir da nota obtida pela equipe na fase virtual, realizada em agosto. Os estudantes fizeram uma prova objetiva com 40 questões.

A etapa presencial da OBAP será dividida em duas fases. Na primeira, ocorrerão provas práticas de adubação, agrimensura e topografia, em equipe. Depois haverá uma prova teórica individual, composta por 20 questões dissertativas. A classificação final será feita com base nas notas individuais somadas às das provas práticas.

É a primeira vez que o Campus Naviraí compete na fase presencial. “Já tínhamos participado da Olimpíada, mas sem conseguir a classificação. Por isso, temos nos preparado bastante para aproveitar a oportunidade”, comenta Luana, que conclui o curso neste semestre.

A preparação agora tem como foco aspectos práticos. “Buscamos preparar os alunos para as provas que serão realizadas. Tivemos, por exemplo, um curso preparatório de inseminação, assunto que não temos no curso que é voltado apenas para a agricultura”, explica o professor Lucas.

A equipe viaja na quarta-feira, 25, para o Paraná. A participação no evento tem apoio financeiro do próprio campus, para o custeio de passagens e diárias dos participantes.

OBAP – A 9º edição da Olimpíada é realizada pelo Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas) junto com o Instituto Federal do Paraná (IFPR) e termina no sábado, 28.

O objetivo da competição é estimular o ingresso de jovens do ensino técnico integrado/concomitante e técnico subsequente em carreiras técnico-científicas, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre eles.

O evento também busca promover a produção de inovações tecnológicas e desenvolvimento sustentável, de modo que seja possível devolver à a sociedade os benefícios originados do ensino público de nível técnico ligado à agropecuária.

Participam da OBAP 2019, nas modalidades concomitante/integrado e subsequente, estudantes dos cursos técnicos em Agropecuária, Agroecologia, Meio Ambiente, Agronegócio e Alimentos. Esta edição também terá a participação de equipes de países das comunidades de países de línguas portuguesa e espanhola, na modalidade subsequente.

Todas as equipes receberão certificado de participação. As melhores em cada modalidade ganharão medalhas e troféus. Os estudantes das equipes medalhistas da modalidade concomitante/integrado poderão ser convidados a participar da seletiva para representar o Brasil na Olimpíada Internacional de Ciências da Terra (IESO, na sigla em inglês) em 2020.

Mais informações sobre a competição estão disponíveis na página da OBAP 2019.