IFMS abre 280 vagas em cursos técnicos presenciais em quatro municípios

São 120 vagas em cursos subsequentes e 160 vagas na modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja), em Aquidauana, Coxim, Dourados e Jardim. As inscrições começam no dia 9

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nesta sexta-feira, 29, na Central de Seleção, editais de dois processos seletivos para oferta de cursos técnicos de nível médio presenciais.

Pelo edital nº 028/2020, são ofertadas 40 vagas nos cursos técnicos subsequentes em Edificações, em Aquidauana, e 80 vagas em Marketing, em Dourados. O único requisito para participar da seleção é ter o ensino médio completo.

Já pelo edital nº 029/2020, a oferta é de 160 vagas para os cursos técnicos integrados em Administração, com 40 vagas em Aquidauana; Manutenção e Suporte em Informática, com 40 vagas em Coxim; e Edificações e Informática para Internet, com 40 vagas cada, em Jardim.

Os cursos ofertados pelo edital nº 029/2020 são destinados a Jovens e Adultos na modalidade Proeja. Além de ter o ensino fundamental completo, o interessado precisa ter a idade mínima de 18 anos.

Os editais com todas as regras das seleções e o quadro completo de vagas em cada município estão disponíveis na Central de Seleção do IFMS: www.ifms.edu.br/centraldeselecao.

Inscrições – São gratuitas e devem ser feitas de 9 de junho a 1º de julho, pela Página do Candidato da Central de Seleção.

No ato da inscrição, o candidato deverá optar por participar por ampla concorrência ou por cotas. Nesse caso, podem concorrer aqueles que tenham cursado todo o ensino fundamental (para vagas no Proeja) ou todo o ensino médio (para subsequentes) em escolas da rede pública.

Metade das vagas ofertadas é reservada aos candidatos cotistas. Desse total, haverá cotas aos que comprovarem renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio, aos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas, e a pessoas com deficiência.

A seleção será feita por sorteio eletrônico, marcado para 14 de julho. O resultado final e a primeira chamada para matrículas serão divulgados no dia 20 de julho.

Cursos – Os cursos técnicos subsequentes são para estudantes que terminaram o ensino médio e buscam uma formação profissional. O estudante pode concluir o curso entre um ano e meio e dois anos e recebe certificado de técnico na área profissional escolhida, que o habilita a exercer a profissão.

Nos cursos técnicos na modalidade Proeja, os cursos têm duração de três anos, com exceção em Coxim, cuja metodologia prevê a conclusão em dois anos. Ao final, os concluintes terão o certificado do ensino médio e estarão aptos ao exercício profissional e ao ingresso no ensino superior.

Vagas ofertadas