Técnicos da área de gestão empresarial do IEL apresentaram, nesta segunda-feira (17/07), o PQF (Programa de Qualificação de Fornecedores) a parte das empresas que abastecem e prestam serviços ao Sebrae/MS. A expectativa é que a instituição se torne uma empresa-âncora do PQF, o que significa que empresas fornecedoras serão capacitadas pelo IEL em diferentes áreas com as mais modernas técnicas de gestão, como produção, gestão estratégica, comercial e financeira, saúde e segurança do trabalho, entre outras.

Para o superintendente do IEL, José Fernando do Amaral, a adesão do Sebrae/MS ao PQF como empresa-âncora é o ápice do Programa e prova incontestável de que se trata de um produto que tem vida própria e só tende a evoluir. “O IEL tem uma grande responsabilidade ao conduzir um programa como o PQF porque é uma ação profunda, que ao longo de aproximadamente um ano revira as entranhas de todo o processo a empresa fornecedora. O fato de o Sebrae/MS, que inclusive atua na implantação do PQF, agora contratá-lo, nos enche de orgulho e demonstra que estamos no caminho certo”, pontuou.

José Fernando acrescenta que, ao contratar o PQF para as empresas que hoje são suas fornecedoras, o Sebrae/MS concede um verdadeiro presente para elas. “A partir de agora, elas terão a chance de melhorar e modernizar a gestão nos mais variados aspectos”, reiterou o superintendente do IEL, que fez a abertura da apresentação ao lado do diretor de operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro.

Ele ressalta ainda que um dos maiores trunfos do Programa é o aumento da eficiência dos fornecedores, que são capacitados nas mais modernas técnicas de gestão, e das empresas compradoras, que passam a dispor de mais opções na hora de comprar insumos, além de aumentarem suas chances de competir no mercado internacional. O coordenador da área de desenvolvimento empresarial do IEL e responsável pelo PQF no Estado, Hugo Bittar, acrescenta que a apresentação é uma evolução dos trabalhos do Programa na Capital.

“Esse trabalho junto ao Sebrae/MS vai consolidar uma demanda por fornecedores qualificados em Campo Grande e a expectativa é que, dentro de três semanas, a turma esteja fechada e seja incorporada às demais empresas que já estão sendo qualificadas na cidade”, declarou Hugo Bittar.

Já o diretor de operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, afirma que levar capacitação aos empresários de Campo Grande e região que atendem a instituição tem como objetivo maior prepará-los para atender toda a cadeia produtiva do Estado. “Ao contratar o PQF, vamos melhorar os serviços dos nossos fornecedores e, a partir daí, estarão prontos para atenderem outras empresas-âncoras”, destacou.

A empresária Patrícia Lívia, sócia-proprietária da Agência de Turismo Via Benini, explica que, após dois anos sendo fornecedora do Sebrae/MS, apenas agora está conhecendo melhor os requisitos que a instituição utiliza para contratar um fornecedor. “O Sebrea/MS é um dos nossos clientes que mais compram da gente e, por isso, considero importante fazer uma qualificação para melhorar a prestação de serviço que oferecemos a instituição”, disse.

A empresária Ieda Ribeiro, proprietária da Café Show, também classifica o Sebrae/MS como o seu principal comprador e, por isso, está interessada em se qualificar para melhor atendê-lo. “Além de se capacitar na hora de atender os critérios estabelecidos pelo Sebrae, vamos nos preparar para sermos os fornecedores de outras grandes empresas do Estado. Essa era uma perspectiva que tínhamos para os próximos anos, mas, agora, com o PQF podemos acelerar essa etapa, ampliando o nosso número de clientes”, analisou.