Idenor Machado solicita implantação do Minha Casa, Minha Vida nos distritos de Dourados

Idenor Machado requereu investimentos do “Minha Casa, Minha Vida” para os distritos de Dourados – Foto: Thiago Morais

O vereador Idenor Machado (PSDB) protocolou, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (2), uma indicação ao Poder Executivo e ao Governo do Estado, no qual solicitou investimentos do Programa “Minha Casa Minha Vida” nos distritos de Dourados.

“Atualmente Dourados tem nove distritos com uma população média de 20 mil pessoas, onde a maioria desenvolve suas atividades no próprio distrito, nada mais justo que sejam beneficiários deste programa também”, aponta o vereador.

De acordo com a Agência Municipal de Habitação e Interesse Social (Agehab), o número de inscritos no programa “justifica e consolida a necessidade de que esse programa seja efetivado nesses locais”. Vale lembrar que o recadastramento também poderia ser feito no próprio distrito, uma vez que muitos têm dificuldade de se locomoverem, em razão da distância, até a cidade.

“É imprescindível que o Estado e o município se unam em razão desta demanda, que não é só minha, já existem outros vereadores pleiteando este benefício para os Distritos e sabemos do interesse do Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), na organização e desenvolvimento destes”, relata Idenor, salientando que assim como os distritos são beneficiados com escolas, creches e postos de saúde precisa também garantir moradia para os moradores destas regiões.

Diploma Educador Emérito

Acontecerá dia 10 de dezembro a entrega do Diploma de Educador Emérito. Honraria criada pelo vereador Idenor Machado no ano de 2018 que homenageia professores e coordenadores pedagógicos aposentados e que exerceram suas atividades no município de Dourados.

Juntamente com Idenor Machado, outros vereadores apresentarão e homenagearão seus indicados. “Sempre defendi que essa profissão é a mais importante e a base de todas as outras, acredito que esta seja uma homenagem ínfima diante da grandiosidade desta missão, pois ser professor é ser um missionário do saber. Devemos valorizar mais esta classe que é a garantia de um futuro para as próximas gerações”, ressalta o parlamentar.