Atividade orientou profissionais de enfermagem sobre lavagem correta das mãos e medidas de segurança; Hospital foi um dos três selecionados em Mato Grosso do Sul para participar do projeto Paciente Seguro do Ministério da Saúde

A ação educativa faz parte do projeto Paciente Seguro – Assessoria

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), promoveu nesta terça-feira (18/06) o Dia D em prol da segurança do paciente. A ação educativa faz parte do projeto Paciente Seguro, com a finalidade de orientar os profissionais de saúde da unidade sobre o cumprimento das normas de segurança do paciente, lavagem das mãos, identificação do paciente, administração correta de medicamentos e cuidados com lesão por pressão.

Foram realizadas apresentações de paródias sobre técnicas corretas de lavagem das mãos e palestras nos setores da unidade. A ação foi organizada pela coordenação de enfermagem.

“Focamos em medidas para melhorar toda a sistemática de atendimento que envolve a segurança do paciente como identificação, comunicação entre os profissionais de saúde, segurança na prescrição e administração dos medicamentos, higienizar as mãos para evitar infecção e reduzir o risco de quedas e úlcera por pressão”, explicou a gerente de enfermagem, Edna Cândido.

A ação também enfatizou melhora da comunicação entre os profissionais de saúde. A coordenadora da clínica médica, Erica Cerqueira, explicou a importância da comunicação entre as equipes. “Um dos nossos objetivos é melhorar a comunicação, para evitar erros e danos aos pacientes por omissão de informações ou equívocos. Por isso, a instituição padronizou por quem e para quem são transmitidas as informações acerca do paciente, tais como prescrições verbais, resultados de exames críticos e transição de cuidados, de maneira que ocorra de forma clara e objetiva sem ambiguidades”, disse.

Projeto – O Hospital Regional de Ponta Porã foi um dos três hospitais selecionados em Mato Grosso do Sul para participar do projeto Paciente Seguro. A iniciativa é coordenada pelo hospital de excelência Moinhos de Vento, em parceria com o Ministério da Saúde por meio do PROADI-SUS. Uma das medidas do programa é a obrigatoriedade de todos os hospitais criarem os Núcleos de Segurança do Paciente. Esses núcleos promovem ações para a implantação de práticas seguras. São desenvolvidas ações educativas, formação de profissionais competentes para executar Ciclos de Melhoria Contínua nos hospitais, integração das instituições participantes para promover a troca de experiências e aprendizado, e a educação de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).