Durante reunião foi realizada apresentação sobre as comissões obrigatórias que atuam na unidade gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES)

Integrantes das comissões farão reuniões mensais – Foto: Assessoria

O Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (HRCGD), gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Mato Grosso do Sul, acaba de implantar comissões internas. A reunião integrou as comissões de controle de infecção hospitalar, verificação de óbitos, análise e revisão de prontuários, ética médica, gerenciamento de risco, núcleo de segurança do paciente e comissão multidisciplinar de terapia nutricional.

“Inicialmente, implantamos as comissões previstas em nosso contrato de gestão, com isso daremos andamento para ações internas na unidade e buscamos promover melhorias na assistência aos pacientes. Cada comissão tem um coordenador responsável e desenvolveremos junto à equipe o cronograma de ações”, afirmou a diretora-geral, Patrícia de Oliveira.

Os encontros serão mensais, com objetivo de colocar em prática protocolos, diretrizes e promover melhorias para o atendimento. A criação das comissões também está de acordo com a prestação de contas da gestão da unidade com a administração pública.

Estrutura – A unidade conta 33 leitos, sendo referência para 33 municípios e realiza a média de 208 cirurgias mensais em diversas especialidades, tem corpo clínico com 50 médicos e mais de 60 funcionários. O hospital foi criado com objetivo de realizar demandas de baixa e média complexidade, para reduzir a fila de espera por esses procedimentos. Também são realizados procedimentos de Cirurgia Geral, Ortopedia, Ginecologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Vascular e Oftalmologia. Além disso, a unidade realiza exames de ultrassonografia, radiografia, eletrocardiograma, endoscopia e colonoscopia.

Deputado Zé Teixeira