O Palmeiras poderá ter problemas para seu jogo mais importante do ano, pela Libertadores. No triunfo de sábado, contra o Avaí, o meia Guerra precisou ser substituído reclamando de dores musculares ainda no primeiro tempo e preocupa a comissão técnica. Já o zagueiro Yerry Mina não deverá ser problemas.

“O Guerra é a dor que ele tem no adutor. Quando chutou a bola no primeiro tempo sentiu a dor, vamos ver. Em cima do jogo é difícil saber o grau da lesão. O Mina é dor no glúteo, mas nada preocupante sobre o futuro”, afirmou Cuca.

O Palmeiras trabalha visando a partida do dia 9 de agosto, contra o Barcelona de Guaiaquil, no Palestra Itália, pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores. No primeiro jogo, o time alviverde perdeu por 1 a 0 para os equatorianos fora de casa.

Assim, existe a possibilidade de Guerra e Mina serem poupados na partida contra o Botafogo, na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. O confronto será o último antes de Cuca definir um grupo de atletas para seguir rumo a Atibaia, onde ficarão concentrados e treinando para o duelo do torneio sul-americano.

Entre estes jogos, o Verdão ainda encara o Atlético-PR na Arena da Baixada, dia 6 de agosto, em duelo que deverá ter a volta do meio-campista Moisés.

Da Gazeta Esportiva