Guarani vence a Ponte de virada e complica classificação do Corinthians

Guarani venceu a Ponte Preta por 3 a 2 – Divulgação/FPF

No último jogo do Campeonato Paulista antes da paralisação por tempo indeterminado devido ao coronavírus, o Guarani venceu a Ponte Preta de virada por 3 a 2, no Brinco de Ouro da Princesa, em partida válida pela 10ª rodada da competição. O resultado afetou o Corinthians, que agora está a cinco pontos de distância da zona de classificação para as quartas de final do Estadual, com apenas seis em disputa.

O Guarani foi para o intervalo perdendo por 2 a 0, mas pressionou no segundo tempo e buscou a virada. O time do técnico Thiago Carpini segue como segundo colocado do Grupo D, com 16 pontos, atrás do Red Bull Bragantino, com 17.

Já a Ponte Preta alcançou a marca negativa de sete jogos sem vencer no Campeonato Paulista. Com sete pontos, a Macaca está na lanterna do Estadual e três pontos atrás do Água Santa, primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

O jogo – O primeiro tempo no Brinco de Ouro da Princesa foi mais disputado do que propriamente jogado. Até os minutos finais da primeira etapa, somente duas chances de gol haviam sido criadas. Aos 18 minutos, Vinícius Zanocelo tabelou com Roger e chutou de primeira, da entrada da área, acertando a trave do Guarani. O Bugre conseguiu responder vinte minutos depois, em um grande lançamento de Thallyson para Giovanny, que recebeu dentro da área e chutou forte, obrigando Ivan a fazer uma grande defesa para salvar a Ponte.

O panorama da partida mudou aos 41 minutos. O zagueiro Alisson aproveitou o escanteio cobrado por João Paulo, subiu mais alto que a defesa do Guarani e cabeceou forte, abrindo o placar para a Macaca. Três minutos depois, o árbitro Salim Fendes Chavez assinalou pênalti a favor da Ponte Preta, após o zagueiro Romércio colocar a mão na bola em disputa com o volante Bruno Reis. Roger cobrou rasteiro no canto direito e ampliou para o time visitante.

Com o 2 a 0 desfavorável no marcador, o Guarani adotou uma postura mais ofensiva no segundo tempo. A iniciativa deu certo e, aos dez minutos da segunda etapa, a equipe da casa diminuiu. Depois de uma disputa pelo alto dentro da área, Lucas Crispim acertou uma bicicleta na direção do gol e Júnior Todinho desviou levemente, marcando seu 6º gol no Campeonato Paulista.

O Bugre seguiu pressionando a Ponte Preta, que passou a apostar nos contra-ataques. Aos 35 minutos, Thallyson tabelou com Júnior Todinho e encontrou Juninho dentro a da área. O atacante chutou de primeira, no alto, marcando um belo gol e deixando tudo igual no Dérbi Campineiro.

A virada veio aos 43 minutos, em um golaço. Thallyson cortou para a direita e chutou cruzado, dando a vitória para o Guarani e coroando a grande atuação do lateral-esquerdo. Após o apito final, o atacante Roger foi expulso em uma confusão com o goleiro Jefferson Paulino.

Da Gazeta Esportiva