O ano de 2020 começou de forma negativa para o Grêmio. A inesperada derrota para o Caxias no meio de semana foi um grande banho de água fria na empolgação dos torcedores, que esperam a equipe brigando pelos principais títulos da temporada. Ainda assim, o elenco gremista tenta absorver o revés com naturalidade e focar na reabilitação.

Pelo Estadual, o Grêmio volta a campo no domingo. O adversário será o Brasil de Pelotas, fora de casa. O tempo de recuperação é curto e o grupo ainda busca a forma ideal para enfrentar as adversidades. Por isso, o zagueiro David Braz evita colocar um prazo para que o time alcance um alto nível nas partes física, técnica e tática.

“Difícil falar. Vivemos de resultados, somos cobrados por torcedores, imprensa e por nós mesmos. Muitas das vezes não vamos conseguir apresentar um bom futebol e vamos ganhar e também haverá partidas em que jogaremos bem e o resultado não vai vir. Acho que até atuamos bem contra o Caxias, mas eles foram fatais no contra-ataque. Tivemos chances e infelizmente não conseguimos. É passado e temos que ir atrás dos nossos objetivos, procurando ritmo e entrosamento”, comentou.

Para David Braz, o início da temporada é a oportunidade de mostrar mais serviço pelo Grêmio. Ele terá uma sequência no time titular com a contusão do experiente Geromel, titular da zaga. “Eu vim pra poder ajudar o Grêmio. Sabemos que o Geromel é um líder, tem a confiança do grupo, da torcida e do clube. Estou recebendo essa oportunidade e vou fazer o possível para ajudar o time”, avisou o ex-santista.

Da Gazeta Esportiva

Prefeitura de Maracaju_IPTU