Filme sobre racismo venceu o principal prêmio da noite

Rami Malek, Olivia Colman, Regina King e Mahershala Ali, os vencedores dos prêmios de atuação no Oscar – Foto: EPA

O longa “Green Book: O Guia”, que narra a amizade entre um motorista racista ítalo-americano e um músico negro, venceu neste domingo (24) o prêmio de melhor filme na edição 2019 do Oscar, em cerimônia realizada em Los Angeles.

A obra de Peter Farrelly também faturou as categorias de melhor roteiro original e melhor ator coadjuvante, com Mahershala Ali. “Green Book”, de certa forma, venceu a briga com “Infiltrado na Klan” entre os filmes que abordam o tema do racismo.

O longa de Spike Lee acabou vencedor apenas na disputa de melhor roteiro adaptado. Lee até virou de costas para o palco durante o discurso dos produtores de “Green Book”, que é alvo de críticas por parte de ativistas afro-americanos nos Estados Unidos O filme com mais prêmios na noite, no entanto, foi “Bohemian Rhapsody”. A saga de Freddie Mercury ficou com as estatuetas de melhor ator, com Rami Malek, melhor edição, melhor mixagem de som e melhor edição de som.

“Ter isso na minha mão direita está além das minhas expectativas e provavelmente também da minha família”, disse Malek. Olivia Colman, protagonista de “A Favorita”, foi escolhida como melhor atriz, enquanto Regina King, de “Se a Rua Beale Falasse”, ficou com o prêmio de melhor atriz coadjuvante.

A cantora Lady Gaga, que concorria à estatueta de melhor atriz, garantiu a de melhor canção original, por “Shallow”, de “Nasce uma Estrela”, interpretada por ela no palco do Oscar ao lado de Bradley Cooper. “Se você tem um sonho, lute por ele”, disse a estrela, que não conseguiu conter as lágrimas.

“Homem-Aranha no Aranhaverso”, que tem entre seus desenhistas a italiana Sara Pichelli, venceu como melhor animação. Confira abaixo todos os vencedores, em lista que inclui sete negros e 15 mulheres, maiores números da história da premiação:

Filme: Green Book: O Guia

Atriz: Olivia Colman (A Favorita)

Ator: Rami Malek (Bohemian Rhapsody)

Atriz coadjuvante: Regina King (Se a Rua Beale Falasse)

Ator coadjuvante: Mahershala Ali (Green Book) Diretor: Alfonso Cuarón (Roma)

Roteiro original: Green Book

Roteiro adaptado: Infiltrado na Klan

Edição: Bohemian Rhapsody

Fotografia: Roma

Filme estrangeiro: Roma

Animação: Homem-Aranha no Aranhaverso

Canção original: “Shallow” (Nasce uma Estrela)

Figurino: Pantera Negra

Curta-metragem: Skin

Edição de som: Bohemian Rhapsody

Mixagem de som: Bohemian Rhapsody

Curta de animação: Bao

Direção de arte: Pantera Negra

Efeitos visuais: O Primeiro Homem

Maquiagem: Vice

Documentário: Free Solo

Documentário curta-metragem: Absorvendo o Tabu

Da AnsaFlash