Reinaldo Azambuja assumiu compromisso de restaurar todas as escolas estaduais – Foto: Chico Ribeiro

Durante os dois dias da primeira edição do Governo Presente, prefeitos levaram demandas de investimentos para as mais diversas áreas, principalmente infraestrutura, educação e saúde. Em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (13.9), o governador Reinaldo Azambuja garantiu que muitos pedidos serão atendidos.

“Existem demandas de todo tamanho e as prioridades que são elencadas, algumas já são prioridades do governo. Temos muitas questões que estão sendo feitas, na área de saneamento, obras que já íamos iniciar, recuperação de vias públicas. Um exemplo: em Três Lagoas o prefeito Ângelo Guerreiro pactuou de fazermos juntos drenagem e pavimentação de dois bairros e fazer o acesso ao Hospital Regional. [O acesso] é uma prioridade de Três Lagoas e do Governo porque nós vamos entregar o hospital e o acesso lateral para que não tenha o risco de as pessoas transitarem pela BR”, disse Reinaldo Azambuja.

O governador afirmou ainda que as solicitações dos prefeitos demonstram que existe uma sintonia entre o que pensam o cidadão, as lideranças municipais e os representantes do governo estadual. Na área de educação, o governador Reinaldo Azambuja contou que todas as escolas estaduais serão reformadas, o que também é uma demanda dos prefeitos. “Temos 364 escolas estaduais em todos os municípios. Já reformamos 176 nos primeiros quatro anos de mandato. E a prioridade do Governo é reformar todas elas. Pode ter certeza: todas as escolas de Três Lagoas e do Estado passarão por reformas para melhorarmos a qualidade para os alunos e para os colaboradores”, disse.

Reinaldo Azambuja explicou que o Governo Presente irá percorrer todas as regiões, levando toda a estrutura de governo, com os secretários estaduais, e atendendo representantes dos 79 municípios sul-mato-grossenses. A próxima edição será em Rio Verde, nos dias 19 e 20 de setembro, quando serão atendidos 13 municípios: Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Sonora, Rochedo, Coxim, Pedro Gomes, Camapuã, Bandeirantes, Alcinópolis, Costa Rica, Corguinho, Jaraguari e Rio Negro.

Os prefeitos aprovaram a iniciativa. Para Ronaldo Miziara, de Paranaíba, a proposta facilita a gestão dos prefeitos e aproxima a administração estadual das demandas da população. “Isso é muito importante porque tira aquele papo do prefeito ir para a Capital, onde tem uma estrutura muito grande e fica mais difícil. Hoje nós conseguimos corpo a corpo, junto com o governador, na presença de todos os seus secretários e deputados da região. Isso foi muito importante e é gratificante, não só para o prefeito, mas para os vereadores, para toda a população do interior do Estado”, disse.

José Fernando Barbosa dos Santos, prefeito de Selvíria, também destacou o fato de não precisar se deslocar para Campo Grande para levar as reivindicações que irão atender à população. “Não precisamos ir até a Capital. O Governo veio até nós”, resumiu. O prefeito de Brasilândia, Antônio de Pádua Thiago, também ressaltou a importância desse novo canal de diálogo. “Quero parabenizar o governador por essa iniciativa. Eu sei que quanto gestor a gente ao consegue estar em todos os lugares. E estar aqui é importante para ouvir a população através de seus representantes, que são os vereadores e prefeitos”.