Cerimônia de entrega da Central de Comercialização para Agricultura Familiar em Sonora – Foto: Semagro

O Governo do Estado entregou nesta sexta-feira (12.4), em Sonora, a Central de Comercialização para Agricultura Familiar, estrutura que vai fortalecer a produção dos agricultores familiares de Sonora e região e gerar renda. Essa é a primeira de um total de dez Centrais de Comercialização que serão entregues até o fim de julho.

A obra, realizada em parceria com a Prefeitura de Sonora, contou com investimentos no valor de R$ 250 mil, oriundos do Fadefe (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Equilíbrio Fiscal do Estado), administrado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“Nós estimulamos a produção da agricultura familiar, oferecendo assistência técnica por meio da Agraer e agora avançamos com a entrega de estruturas adequadas de comercialização para que esses produtores tenham renda. Esse é o foco do governo. São dez centrais de comercialização a serem entregues até o fim de julho, que vão fortalecer a renda do agricultor familiar sul-mato-grossense”, comenta o secretário Jaime Verruck, da Semagro, que representou o governador Reinaldo Azambuja na solenidade.

Segundo o secretário, “o governador Reinaldo Azambuja priorizou a agricultura familiar com a entrega de patrulhas e outros equipamentos. Para isso, assegurou para cada R$ 1,00 de emendas parlamentares aplicadas na agricultura familiar, o Governo do Estado entraria com mais R$ 1,00, a fim de dobrar os investimentos e beneficiar o maior número possível de produtores e regiões. O que estamos entregando hoje, aqui em Sonora, é resultado dessa parceria com a bancada e, principalmente, da visão do Governo do Estado, de promover o desenvolvimento econômico de todas as regiões”.

O titular da Semagro lembrou que Mato Grosso do Sul ainda tem disponível R$ 28 milhões em emendas parlamentares para a agricultura familiar: “Precisamos elencar as demandas que ainda existem nos assentamentos para apresentá-las ao governo federal e darmos sequência a esse trabalho. Existem demandas como estradas e pontes, que precisam ser informadas à Semagro e Agraer para que possamos dar os devidos encaminhamentos”

O prefeito de Sonora, Eneltos Ramos da Silva afirmou que o Centro de Comercialização “está beneficiando produtores que trabalham com muitas dificuldades, inclusive no transporte e comercialização de seus produtos. O Governo do Estado tem nos atendido em diversas frentes e agora, na agricultura familiar, temos mais uma importante obra sendo entregue. Agora, nossos produtores da agricultura familiar têm um espaço importante para comercialização e lazer da nossa população.

A Central de Comercialização para Agricultura Familiar de Sonora teve o terreno cedido pela Prefeitura do município. Além dos R$ 250 mil do Fadefe, a obra contou com emendas parlamentares do deputado federal Vander Loubet e do ex-deputado Zeca do PT. A estrutura tem capacidade para receber 35 boxes que vão comercializar hortifrutigranjeiros, artesanato, alimentação, dentre outros produtos, beneficiando produtores do município, região e comércio local. A previsão é de que o local promova a geração 100 empregos diretos.

A próxima Central de Comercialização para Agricultura Familiar será inaugurada no dia 3 de maio, no município de Anastácio. Até o final de julho todas as dez centrais previstas pelo Governo deverão ser entregues e inauguradas, em Amambai, Terenos, Rio Brilhante, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Batayporã, Mundo Novo e Aral Moreira.

Participaram da solenidade de inauguração da obra o superintendente de Produção e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta, a Coordenadora de Agricultura Familiar, Ariani Monaly Garcia Monteiro, o deputado federal Vander Loubet, o presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, o superintendente da Funasa, Marco Aurélio

Além do Centro de Comercialização para Agricultura Familiar de Sonora, também foi entregue, pela Funasa, em parceria com a Sanesul, um poço artesiano que irá abastecer, com água potável, as cerca de 200 famílias moradoras do Assentamento Carlos Roberto Soares de Mello, principal abastecedor dos produtos que serão comercializados na central da Agricultura Familiar.

Atenção à Agricultura Familiar

Em fevereiro deste ano, o Governo do Estado, por meio da Semagro e da Agraer (Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) entregou 53 patrulhas mecanizadas e 296 equipamentos agrícolas para 40 municípios sul-mato-grossenses, dentre eles, a cidade de Sonora. Todos os equipamentos foram adquiridos com recursos de emendas parlamentares federais, com contrapartida da administração estadual.

O secretário Jaime Verruck, lembra que “o planejamento do uso dos equipamentos entregues aos municípios, assim como, o monitoramento e avaliação dos resultados alcançados em prol do desenvolvimento rural sustentável são realizados pelo Conselho Estadual e pelos conselhos municipais de Desenvolvimento Regional, o que otimiza custos e contempla maior número de produtores da agricultura familiar”.