Secretário Eduardo Riedel não revelou qual será o índice concedido, entretanto confirmou que não há risco de reajuste zero – Foto: Chico Ribeiro
Secretário Eduardo Riedel não revelou qual será o índice concedido, entretanto confirmou que não há risco de reajuste zero – Foto: Chico Ribeiro

O governo de Mato Grosso do Sul deve anunciar dia 03 de julho proposta de reajuste salarial linear para os cerca de 40 mil servidores estaduais ativos.

Segundo o portal Correio do Estado, o secretário de governo, Eduardo Riedel, não revelou qual será o índice concedido, entretanto, confirmou que não há risco de reajuste zero.

Caso seja utilizado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo (IPCA-A) do período de 12 meses da data-base do funcionalismo – maio de 2016 e maio deste ano –, o aumento será de 3,59% e vai apenas repor a inflação, sem incorporar nenhum valor a mais, que é o chamado ganho real.

De acordo com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis, a fixação do índice depende do aumento no fluxo de caixa do governo até o início do próximo mês. “O porcentual concedido vai depender da disponibilidade de receitas”, explica.

Entre as possibilidades que estão sendo viabilizadas pelo governo para melhorar a receita está o prolongamento de um parcelamento de empréstimo pago ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).