Operação Terra Branca 2 tem como foco combater crimes de peculato, corrupção, falsidade ideológica e organização criminosa praticados na Secretaria de Assistência Social de Ladário

Equipe do Gaeco ao chegar na Delegacia de Ladário durante operação em novembro do ano passado – Foto: Diário Corumbaense

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do MP-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul deflagrou nesta segunda-feira (25) nova fase da Operação Terra Branca II, em Ladário. Com o prefeito e nove dos 11 vereadores presos na operação anterior, desta vez a investigação mira a SAS (Secretaria de Assistência Social) da cidade.

Segundo o Jornal Midiamax, são cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão na cidade de MS e no Rio de Janeiro.

O Grupo investiga a prática dos crimes de peculato, corrupção, falsidade e organização criminosa.