Gaeco deflagra operação contra PCC em todo país; no MS 15 mandados são cumpridos

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado) deflagrou na manhã desta quinta-feira, 15, uma operação contra integrantes de facções criminosas em todo o país. A ação é nacional e articulada pelo GCNCOC (Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas).

Até as 7h45, 47 pessoas haviam sido presas.

Segundo o G1, as investigações dos Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaecos) resultaram em um total de 300 mandados, entre prisões e buscas, em nove estados, entre eles Mato Grosso do Sul, onde estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão contra integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital). Penitenciárias de outros estados são alvos da operação.

A ação em outros estados

Acre:A previsão é de uma revista na Penitenciária Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. O foco está em pavilhões dominados pelo PCC e pela facção local Bonde dos 13, aliada ao Primeiro Comando da Capital.

A ação busca a apreensão de ilícitos e informações sobre a quadrilha, além da identificação de pessoas que exercem posição de chefia nessas organizações.

Paralelamente, foram denunciadas à Justiça 69 pessoas presas na Operação Hemólise, realizada no dia 24 de julho, na Capital e em outros quatro municípios. Os denunciados são integrantes da maior facção do tráfico no Rio de Janeiro.

Alagoas:A operação cumpre 37 mandados de busca e apreensão e 42 de prisão contra integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, todos os mandados estão sendo cumpridos em municípios do litoral norte do estado. Os pedidos se baseiam em três Procedimentos de Investigação Criminal do Gaeco local e um inquérito da Delegacia de Narcóticos.

Amapá:São mandados em Macapá, Santana e Porto Grande. A operação, que também tem foco no combate ao tráfico de drogas, é contra a organização criminosa “Família Terror do Amapá”.

Amazonas:Estão sendo cumpridos três mandados de prisão e sete mandados de busca e apreensão.

Dentre os alvos da medida, encontram-se chefes da organização criminosa Família do Norte, considerada a terceira maior facção do Brasil.

Bahia:Estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão. A operação acontece nos municípios de Senhor do Bonfim, Jacobina, Juazeiro, Capim Grosso, Serrolândia e Lauro de Freitas.

Entre os alvos, estão integrantes de organização criminosa ligada ao PCC que atua com tráfico de drogas e é responsável por diversos homicídios no estado. Onze promotores de Justiça, 74 policiais militares e 99 policiais rodoviários federais participam da ação.

Ceará:As operações Jericó e Al Qaeda cumprem 35 mandados de prisão e 29 mandados de busca e apreensão contra integrantes do PCC.

Agentes estão em endereços nas cidades de Fortaleza, Independência, Sobral, Juazeiro do Norte, Groaíras, Aquiraz, Maracanaú e Pacatuba.

Pernambuco:Um mandado de prisão e busca e apreensão, em apoio a operação que combate a lavagem de dinheiro no Rio de Janeiro. O mandado está sendo cumprido na cidade de Petrolina.