• Por Gilclér Regina

Um grande risco para uma empresa é a sensação de frustração dos funcionários por sentirem-se incapazes de realizar algo dentro do solicitado.

Devemos cuidar de funcionários que tem muita essência, pois mesmo que demorem um pouco mais para se enquadrar em novos processos, vale mais investir neles do que preparar um novato.

Jack Welch, então poderoso presidente da multinacional General Eletric disse assim: “Se você tem um funcionário que produz muitos resultados, mas ele não tem caráter, essência, melhor demití-lo e indicá-lo para seu principal concorrente”.

Ele disse também: “Se você tem um funcionário que até não tem tido muito bons resultados, mas tem essência e caráter, invista nele, treine ele, e isto fará de você um bilionário”.

Portanto, quando tiver que tomar uma decisão, descubra qual é a nascente, isto é, a origem. Quando vemos um lindo rio, observamos sua grandeza, mas ele tem uma nascente, é lá onde ele brota.

Esta nascente é a cultura da empresa que não está escrita em manuais, mas todos, liderança e equipes, são da mesma sintonia e isto os diferenciam da multidão, da concorrência.

Sua empresa é assim? Você, como líder, é assim? Caminhe ao lado de sua equipe. Talvez você pense que isso é obvio. É nesta simplicidade que acertamos.

Quando assim agimos, nossa equipe caminha e age pela missão, pelo amor e respeito pela liderança e não simplesmente pelo contra cheque.

Lembre de Jesus Cristo que sempre caminhava com seus apóstolos. Isto é um segredo precioso que poucos entendem e praticam.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

  • Gilclér Regina

P A L E S T R A S: www.gilclerregina.com.br