Dorival Júnior é o novo técnico do Flamengo – Foto: Divulgação/CRF

Se agilidade na busca por um novo treinador era palavra de ordem dentro da diretoria do Flamengo, ela se confirmou ainda no fim da manhã desta sexta-feira. Horas depois de comunicar o desligamento de Maurício Barbieri do comando técnico, o Rubro-Negro confirmou a contratação de Dorival Júnior. O novo treinador chega ao Flamengo junto com os auxiliares Lucas Silvestre e Leonardo Porto e estará em Salvador para o duelo contra o Bahia deste sábado pelo Campeonato Brasileiro.

A atual passagem será a segunda de Dorival pelo Flamengo. Em 2012, o treinador assumiu o comando do clube substituindo Joel Santana e dirigiu a equipe em 37 jogos, com 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas, um aproveitamento pouco superior a 50% (51,3%). Sua demissão, aliás, foi já na gestão do atual presidente Eduardo Bandeira de Mello, que justificou a saída como necessária para o equilíbrio financeiro do Rubro-Negro.

A saída conturbada em 2013, entretanto, não foi um empecilho para a contratação nesta sexta-feira. Isso porque Dorival ainda recebe do Flamengo uma dívida devido a atrasos salarias da primeira passagem. Apesar de preferir a continuidade de Barbieri, Bandeira se viu obrigado a ceder à pressão de seus diretores e, principalmente, de Marcelo Lomba, candidato da situação para a eleição no fim deste ano.

Existe a possibilidade de que, caso Lomba seja confirmado como presidente do Flamengo no pleito de novembro, Dorival tenha seu contrato estendido. Porém, o comandante deve sofrer com a concorrência de nomes sempre especulados pelo lado da Gávea, como Renato Gaúcho, sonho da diretoria, e Abel Braga, que volta a trabalhar apenas em 2019.

Da Gazeta Esportiva