Felipão começa a fazer mudanças para encaixar Luiz Adriano na equipe

O técnico Luiz Felipe Scolari vem promovendo algumas variações táticas no setor ofensivo do Palmeiras para encaixar Luiz Adriano na equipe. Neste domingo, no empate em 1 a 1 com o Corinthians, em Itaquera, o comandante alviverde colocou em campo um time com dois atacantes, Willian e Deyverson, e explicou a mudança.

“Algumas situações novas nós fizemos no jogo. Estamos pensando em dois atacantes para quando chegar o Luiz Adriano. Ele jogou muitas vezes ao lado de um segundo atacante e podemos fazer também porque temos jogadores para compor um time com esse formato”, disse Felipão.

Mas, apesar dos testes que vem fazendo em sua equipe para adotar Luiz Adriano como seu titular, Felipão sabe que não tem muito tempo para concretizar a ideia. Em meio às disputas na Libertadores e Campeonato Brasileiro, o treinador palmeirense ainda analisa as melhores alternativas para o ataque.

“Não temos muito tempo. Tentamos com Willian e Deyverson hoje, Willian e Borja contra o Godoy Cruz. São algumas variações, mínimas, mas são”, prosseguiu Felipão, que justificou a ausência de Borja neste domingo com a notícia de que o colombiano sofreu uma lesão.

Antes líder, o Palmeiras agora aparece quatro pontos atrás do Santos, novo primeiro colocado do Campeonato Brasileiro com folga. Agora, a missão de Felipão e seus comandados é correr atrás do prejuízo nas próximas rodadas, ainda que o discurso interno seja de que não há nada perdido.

“Tem 75 pontos para disputar ainda, é muito ponto. Muita coisa vai acontecer. Estamos recebendo Vitor Hugo, Luiz Adriano amanhã, o Dourado que vem se recuperando. Então, está ótimo. Devagar vamos chegando”, concluiu Felipão, sem esconder que se apoia na chegada dos reforços para ver sua equipe crescer de produção novamente.

Da Gazeta Esportiva