Felipão aprova estreia de Goulart e espera personalidade de Borja

O técnico Luiz Felipe Scolari ficou satisfeito com a estreia de Ricardo Goulart pelo Palmeiras no empate sem gols contra a Ferroviária, registrado na noite de domingo, pelo Campeonato Paulista. O comandante também disse esperar uma reação consistente do centroavante Miguel Borja, que teve mais uma atuação ruim na Fonte Luminosa.

Felipão pretendia colocar Goulart do meio para o final do segundo tempo, mas teve que antecipar a alteração, já que Felipe Pires saiu lesionado logo aos nove minutos. Recuperado de artroscopia no joelho direito, o estreante deixou Borja na cara do gol, mas o colombiano desperdiçou.

“O Goulart entrou bem. Foi dentro do normal, depois de ficar quatro meses sem jogar”, disse Felipão, compreensivo com o jogador. “É normal que tenha uma ou outra coisa ainda que ele vai mudar durante o transcorrer dos dias, mas foi normal. Bem”, completou.

Felipão também falou sobre Borja e procurou manifestar confiança no centroavante colombiano, sondado recentemente pelo futebol chinês. Autor de dois gols no Campeonato Paulista, ele teve atuações discretas e perdeu boas chances contra Bragantino e Ferroviária.

“Os jogadores de alta performance devem saber suportar situações em que não estejam jogando maravilhosamente bem. Isso é normal e os atletas têm personalidade para enfrentar essa situação. É o que espero do Borja. É um jogador com personalidade e, com a equipe ajudando, ele vai nos ajudar”, apostou Felipão.

Com 14 pontos ganhos, dois a mais do que o Novorizontino, o Palmeiras permanece instalado na primeira colocação do Grupo B do Campeonato Paulista. Pela oitava rodada, o time alviverde volta a campo para o clássico contra o Santos às 19 horas (de Brasília) de sábado, no Allianz Parque.

Da Gazeta Esportiva