O Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e a Famasul – Federação de Agricultura e Pecuária de MS tomaram posse esse mês, na segunda-feira (06), como membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda. A reunião aconteceu na sede da Imasul – Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, localizado no Parque dos Poderes em Campo Grande.

Além de representar a Famasul como titular do Comitê, novamente, a consultora técnica, Daniele Coelho, compõe a comissão eleitoral responsável pela posse dos novos participantes. Também tomou posse a analista técnica, Ana Beatriz Paiva Sá Earp de Melo, que representa o Senar/MS como novo membro do colegiado. “Nós estamos aqui para colaborar com o comitê”, declarou a analista. O diretor-tesoureiro do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni, é membro suplente do conselho, na área composta pelo segmento da sociedade civil.

A Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja assumiu pela primeira vez um assento no plenário, representada pelo seu diretor-executivo, Frederico Azevedo. Fazem parte do comitê mais de 30 instituições, entidades públicas e privadas. Entre elas estão a Semagro – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, o Imasul – Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, a Aprosoja – Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul e a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – Famasul.

Também fazem parte do colegiado o Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste, representado pelo seu presidente, Vilson Mateus Brusamarello como titular e o Sindicato Rural de Jardim representado pelo seu vice-presidente Hélio Tadeu Ruiz, como suplente; Sindicato Rural de Campo Grande, representado por Andréa Lúcia Coelho como titular e Sindicato Rural de Guia Lopes da Laguna, representado pelo presidente Jesus Cleto Tavares, como suplente; Sindicato Rural de Bonito representado pelo titular Jorge Luiz Soares de Figueiredo, 2º diretor-secretário e a suplente, Elza Maria Trevelin, presidente da entidade. O presidente do Sindicato Rural de Miranda e Bodoquena, Massao Ohata, também participa como suplente do segmento usuário.

Durante a reunião, além da posse dos membros, foram apresentados características que compõe um comitê de bacia hidrográfica. Também foi realizada a eleição da nova diretoria formada agora pela presidente, Maria Helena Andrade da UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; vice-presidente Jorge Luiz Soares do Sindicato Rural de Bonito e o secretário Leonardo Sampaio Costa da Imasul. As próximas reuniões estão agendadas para os meses de agosto e outubro.