Decisão sobre tratado do clima já havia sido tomada em 2017

Informação foi revelada pelo secretário Mike Pompeo – Reprodução/Twitter

O governo dos Estados Unidos notificou nesta segunda-feira (4) a Organização das Nações Unidas (ONU) e confirmou a saída do país do Acordo de Clima de Paris.

A informação foi revelada pelo secretário de Estado americano, Mike Pompeo, em uma publicação no Twitter. “Hoje começamos o processo formal de retirada do Acordo de Paris. Os EUA têm orgulho do histórico como líder mundial na redução de emissões, promovendo resiliência, aumentando nossa economia e garantindo energia para os nossos cidadãos. Nosso modelo é realista e pragmático”, escreveu. A medida é o primeiro passo formal da administração de Donald Trump contra o pacto global para combater às alterações climáticas. O trâmite deve durar um ano.

Trump tomou a decisão de abandonar o acordo em 2017, no início de seu mandato. Segundo o magnata, o tratado reduz o crescimento econômico do país e beneficia outras nações.

“Os Estados Unidos vão se retirar do acordo climático de Paris, mas iniciam as negociações para voltar a entrar no acordo de Paris ou em uma transação inteiramente nova em termos justos para os Estados Unidos, suas empresas, seus trabalhadores, suas pessoas, seus contribuintes”, disse o republicano na época. O Acordo de Paris obriga os Estados signatários a manterem o aumento da temperatura média do planeta “bem abaixo” de 2ºC em relação aos níveis pré-industriais, buscando limitá-lo a 1,5ºC.

Da AnsaFlash