Estudantes das Escolas do SESI comemoram ingresso em universidades

Método de ensino foi decisivo para garantir o sucesso dos futuros profissionais

Renata Marques Pereira passou em 1.º lugar no curso de Psicologia na UFMS – Divulgação

A tão sonhada vaga em uma universidade pública ou privada é realidade para muitos estudantes das Escolas do SESI em Mato Grosso do Sul. Depois de encarar um ano letivo atípico em 2020 em meio a pandemia, os estudantes agora comemoram as aprovações em universidades locais, em outros estados e, até, no Paraguai.

Até chegar à aprovação, os estudantes enfrentaram todo tipo de desafio, e a excelência do ensino oferecido pela Rede SESI contribuiu para superá-los. . “Um dos importantes investimentos que fazemos está na qualificação dos nossos profissionais não só com ferramentas tecnológicas, mas também no acolhimento emocional dos colaboradores, detalha o gerente de Educação da FIEMS, Josebene Filho. Na avaliação do gestor “isso reflete diretamente na qualidade do atendimento aos alunos com muita empatia para entender os desafios atuais e acolher esse estudante da melhor maneira possível”.

Gleidianny Linares de Mattos, que passou em 2.º lugar no curso de Química na UFGD, está entre os estudantes que materializaram o atendimento descrito por Josebe Filho. Egressa da Escola do SESI de Dourados, a futura cientista revela a rotina eficiente de estudos mesmo com aulas remotas e agradece ao papel primordial dos professores da Rede de Ensino do SESI na preparação dos alunos. “Desde o primeiro ano do Ensino Médio os professores sempre foram muito exigentes e sempre trouxeram os melhores conteúdos para que conseguíssemos passar no vestibular com uma nota boa. Eu passei na prova da faculdade na UFGD em 2.° lugar em química bacharelado, não apenas por mérito próprio, mas com a ajuda dos meus professores que sempre estiveram presente mesmo na pandemia fazendo de tudo pelos alunos”.

Trabalho recompensado

Os resultados também refletiram no desempenho da estudante da Escola do SESI de Três Lagoas, Renata Marques Pereira, que passou em 1.º lugar no curso de Psicologia na UFMS. “Eu não tenho nem palavras para descrever a minha emoção. Devo agradecimento aos meus professores maravilhosos que me auxiliaram da melhor maneira nessa jornada e sempre acreditaram em mim, meus familiares e amigos que sempre estiveram ao meu lado para dizerem que eu sou capaz”.

Alegria compartilhada também com professores, coordenadores e diretores das escolas. A diretora da Escola do SESI de Três Lagoas, Zuleica Guimarães, falou da emoção em participar da conquista de cada estudante. “Para nós é uma satisfação muito grande saber que nossos alunos estão obtendo êxito na busca pela continuidade nos estudos em nível superior. Durante o ano letivo de 2020, desenvolvemos ações específicas para prepará-los para o vestibular como realização de simulado específicos para o ENEM”.

O ensino adequado para o futuro necessário

Para os estudantes, entrar na universidade é o início de uma nova caminhada cheia de sonhos. A escolha profissional, a construção de uma carreira e o desejo de construir um futuro melhor fazem parte dessa etapa. E muitos já imaginam o quanto poderão contribuir com o desenvolvimento do setor industrial em Mato Grosso do Sul.

É o caso do estudante da Escola do SESI de Dourados, Samuel Alves Alencar, que passou em 2.º lugar no curso de Engenharia Mecânica na UFGD. “Espero contribuir para um processo de otimização da indústria regional com a aplicação de novas tecnologias”.

Desejo compartilhado com a aluna da Escola do SESI de Maracaju, Giuliane Souza Cristofoli, que passou em 1.º lugar no curso de Engenharia de Alimentos na UFGD. Feliz com a conquista da tão almejada vaga na universidade a estudante está cheia de planos para o futuro. “Eu espero que depois de formada, possa trazer inovações para o setor que eu escolher atuar”.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.