Estudante disse ter comprado as notas em uma loja no Paraguai, e que estaria retornando para a cidade onde mora, Ji-Paraná – Divulgação/PM

Um estudante de Medicina de uma faculdade do Paraguai, Gustavo M.S., de 18 anos, morador na cidade de Ji-Paraná (RO), foi preso na noite dessa quinta-feira(19) no Terminal Rodoviário de Dourados, com mais de 36 mil reais em notas falsas dentro de sua mochila.

Conforme boletim de ocorrência, o jovem estava em um ônibus que vinha da fronteira, quando policiais do Canil da Polícia Militar e a Guarda Municipal o flagraram com as notas falsas escondidas em um travesseiro que estava debaixo da poltrona do acusado.

Questionado sobre a origem e o destino das notas, o acusado disse ter comprado as notas em uma loja no Paraguai, e que estaria retornando para a cidade de Ji-Paraná.

O acusado foi encaminhado para a delegacia da PF em Dourados, onde responderá pelo crime de moeda falsa.

Esse crime é tipificado no Código Penal como crime contra a fé pública, e a pessoa que importa esse tipo de material pode ter pena de reclusão de 3 a 12 anos e multa.