“Só sei que foi assim” será lançado no Sesc Dourados no dia 13 de setembro, das 18h às 20h30

Raquel Fonseca estreia na literatura com o livro infantojuvenil “Só sei que foi assim” – Divulgação

A professora da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Raquel Fonseca, estreia na literatura com o livro infantojuvenil “Só sei que foi assim”. O lançamento acontecerá no Sesc Dourados, na próxima sexta-feira, 13 de setembro, das 18h às 20h30. A obra traz fotos do arquivo pessoal da autora e ilustrações de Murilo Leite. A publicação foi feita pela editora douradense Arrebol Coletivo.

Ambientado na cidade de Corumbá, lugar onde a menina personagem vive, o enredo trata das pequenas alegrias, dos medos que só a criança sabe sentir, de coisas que aos olhos da criança são importantes demais.

Ficção de viés memorialista, ilustra situações que podem ser experimentadas por crianças de todas as épocas e que tem a força de transformar a infância no tema ideal para a contação de histórias e surpresas.

O diferencial é a proposta de promover o diálogo entre o leitor do livro e a autora. A criança é incentivada a escrever suas próprias histórias, usando recursos, como palavras, desenhos e fotos e enviá-las no e-mail para uma conversa informal.

“É um livro para ser lido às crianças pelos pais e professores, inspirando conversas sobre os acontecimentos cotidianos que, por vezes, passam despercebidos, mas que são úteis para o amadurecimento a ponto de se tornarem memórias para serem contadas a todos que gostam de histórias”, afirma a autora.

Natural de Corumbá, Raquel Fonseca é apaixonada por literatura. Graduada em Letras e Mestre em Teoria literária pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), é professora da Uems, poetisa e contadora de história. Casada com Mauro Souza.

Serviço – O Sesc Dourados está localizado na Rua Toshinobu Katayama, 178 – Centro. Mais informações podem ser obtidas no telefone (67) 3410-0700 e site sesc.ms