Especialistas destacam importância de seminário para estimular o uso sustentável da água em MS

Deputado Renato Câmara é o propositor do seminário que marca a Semana Estadual da Água – Foto: Toninho Souza

Em sua segunda edição, o Seminário Estadual da Água já é apontado por instituições e especialistas como um evento referência para ampliação do nível de discussão sobre questões hídricas em Mato Grosso do Sul. O seminário, que acontece na próxima segunda-feira (16) na Assembleia Legislativa de MS, terá como tema as múltiplas conexões das bacias hidrográficas do Estado e vai abordar os aspectos relacionados aos valores ambientais, econômicos, históricos e sociais das bacias dos rios Paraná e Paraguai.

Durante todo o dia, estão programadas palestras, mesas-redondas e apresentações culturais. A abertura oficial acontece às 8h e será feita pelo deputado estadual Renato Câmara (MDB), que é coordenador da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos. Conforme a comissão organização, o seminário já conta com mais de 500 inscrições de participantes de pelo menos 30 municípios de MS. O evento faz parte da programação da Semana Estadual da Água, que acontece anualmente de 16 a 22 de março.

“O Seminário Estadual da Água é antes de tudo, uma oportunidade de reunir esforços dos diversos setores da sociedade civil para contribuir com a conservação desse recurso”, Renato Câmara, que é o autor do projeto de lei que criou a Semana Estadual da Água.

O Seminário Estadual da Água é um projeto elaborado pelo Rotary Club de Campo Grande. Conforme a Diretora de Projetos do Rotary Club de Campo Grande, Ana Luzia Abrão, os organizadores do evento buscaram para este ano um tema abrangente, palestrantes de diversas formações profissionais e com comprovada experiência a respeito do assunto abordado. “Esses profissionais, por certo, trarão contribuições para a melhor gestão de nosso meio ambiente e de nossas águas.  A ideia é que, como fruto do evento, seja produzido novamente um documento para ajudar toda a sociedade a cuidar melhor desse bem tão precioso”, disse Ana Luzia.

Presidente da ABRHidro (Associação Brasileira de Recursos Hídricos), a professora Synara Broch será uma das palestrantes do seminário, abordando o tema “A água conecta”.  “Minha intenção é sensibilizar à participação efetiva de todos os segmentos interessados e necessariamente envolvidos no processo de tomada de decisão hídrica (governo, usuários, sociedade civil).

A água conecta países, pessoas, instituições, culturas, a ciência, a tecnologia e a inovação, o público e o privado. A água prove a vida e a qualidade de vida, conecta a saúde pública e ambiental, e os diferentes setores que utilizam a água:  a energia, agronegócio, transporte hidroviário, indústria, infraestrutura. A água conecta tudo e todos, é vida e morte, é o antes e o depois”, enfatizou.

Synara Broch destaca a importância do seminário aos sul-mato-grossenses, tendo em vista que o evento tratará da conexão das águas das regiões hidrográfica dos rios Paraná e Paraguai em Mato Grosso do Sul. “Ressalto aqui, a importância da iniciativa do Rotary, UEMS e Assembleia Legislativa junto aos parceiros aqui envolvidos,  que na realização do Seminário transmitirá informações, conhecimentos que embasam discussões e a busca por melhores  alternativas à promoção da qualidade de vida com base no cuidado e o uso sustentável de águas em MS”, disse.

A professora da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Maria Helena da Silva Andrade, que no evento abordará o tema “Comitês de bacias hidrográficas: papel na gestão compartilhada dos recursos hídricos”, também ressaltou a relevância do seminário. “A importância do evento está no fato de que foi possível reunir os principais segmentos da área de recursos hídricos neste encontro. Assim, o nível de discussão sobre as questões hídricas melhora muito. Além disso, marca a programação sobre o Dia Mundial da Água”, disse.

O seminário é uma realização da Assembleia Legislativa, do Rotary Clube de Campo Grande, Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e da Frente Parlamentar de Recursos Hídricos e tem como apoiadores a ABRhidro, Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Agraer, Semagro, Itaipu Binacional, UCDB, Assomasul, Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema,  Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Saúde, Comitê de Bacia Hidrográfica Santana e Aporé, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda, Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, Crea-MS, Museu de Arqueologia, Escola Estadual Maria Constância Barros Machado, Unigran, OAB e UFMS.

Inscrições

As inscrições para o 2º Seminário Estadual da Água são gratuitas e podem ser feitas através do link https://forms.gle/qL5kTiYD5GiubpKUA.