Equipes de resgate encontram corpos de pessoas que estavam em avião que caiu na Rússia

Montagem com o local onde o avião An-26 se chocou e caiu perto do aeroporto de Palana, na Rússia, em 6 de julho de 2021 – Foto: Montagem G1/Ministério de Emergências da Rússia

Nove corpos foram localizados. Avião com 28 a bordo caiu na terça-feira (6).

Equipes de resgate russas encontraram nesta quarta-feira (7) os corpos de nove pessoas que estavam no avião que caiu na terça (6) na península de Kamchatka, no extremo leste do país, anunciaram autoridades regionais.

“Um grupo de 51 equipes de resgate continua trabalhando no local”, disse o Ministério de Situações de Emergência local em um comunicado no qual especifica que um corpo pode ser identificado.

O avião comercial de uma pequena empresa local, com 22 passageiros e seis tripulantes a bordo, desapareceu dos radares quando se preparava para pousar na cidade costeira de Palana.

Após várias horas de busca em condições difíceis devido ao clima e à geografia do local, os socorristas, a pé e de helicóptero, finalmente localizaram o local do acidente.

O governador de Kamchatka, um gigantesco território pouco povoado mas apreciado pelos turistas por seus vulcões e natureza selvagem, disse que a fuselagem do avião foi encontrada ao longo da costa e no mar de Okhotsk.

Imagens do local do acidente mostraram um longo rastro no topo de um penhasco de frente para o mar, onde a aeronave deve ter se espatifado.

O avião, um Antonov An-26 de projeto soviético, estava voando da capital da região, Petropavlovsk-Kamchatsky, para Palana quando parou de transmitir.

Os pesquisadores indicaram que estão estudando hipóteses de acidente causado por mau tempo, problema técnico ou erro do piloto.

O An-26, projetado para ser a aeronave de transporte das forças militares soviéticas e seus aliados, foi fabricado de 1969 a 1986 e também foi desenvolvido para uso civil. Sofreu vários acidentes fatais, o último no Cazaquistão em março, nos quais morreram quatro soldados.

Do G1

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.