Equipe da Semas participa de capacitação em Cascavel

Equipe do programa Família Acolhedora de Dourados, na sede de projeto similar em Cascavel, no Paraná - Divulgação
Equipe do programa Família Acolhedora de Dourados, na sede de projeto similar em Cascavel, no Paraná – Divulgação

Para agregar as ações do programa Família Acolhedora, lançado recentemente em Dourados, uma equipe da Secretaria de Assistência Social foi até a cidade de Cascavel, no Paraná, conhecer a ação desenvolvida naquele município.

Foram dois dias de contato com a equipe do Programa Família Acolhedora, na sede do projeto daquela cidade paranaense. Houve troca de experiências também com as famílias participantes, que somam 150 inscritas no total.

Conforme Ivonete Laurinda Ferreira, diretora da Proteção Social Básica em Dourados, foi bastante significativo à equipe o conhecimento adquirido.

“Conhecemos todo o trabalho e como nosso foco inicial é atender adolescentes, será muito válido este conhecimento para direcionar as atividades, pois a ação naquele município é referência no país”, cita.

A diretora explica que a lacuna maior em Dourados é quanto ao atendimento dos adolescentes afastados das famílias biológicas. O intuito é iniciar o acolhimento com a participação de 15 famílias.

O Programa

O programa Família Acolhedora foi lançado no final de junho em Dourados e está em fase de inscrições das famílias interessadas. Este propicia o acolhimento de crianças e adolescentes afastados da família biológica por medida de proteção judicial nas residências das famílias acolhedoras cadastradas.

A família acolhedora receberá a bolsa do valor de um salário mínimo, sendo que a criança ou adolescente acolhido também receberá o valor. Para participar do programa, estão entre os requisitos: ser maior de 21 anos, sem restrição de sexo ou estado civil; comprovação de anuência de todos os membros da família que coabitam a residência; possuir disponibilidade de tempo e interesse para se dedicar exclusivamente aos cuidados e proteção da criança ou adolescente e garantir condições mínimas de habitação.

As famílias interessadas podem se inscrever na Secretaria de Assistência Social, anexo à Prefeitura.

Mais informações do programa Família Acolhedora podem ser obtidas no telefone da Secretaria Municipal de Assistência Social – Telefone (67) 3411-7720.