Embrapa contribui com formação de estudantes de pós-graduação em Agronomia da UEMS

Alunos da UEMS participaram de atividades de ensino teóricas e práticas na Embrapa Agropecuária Oeste – Foto: Christiane Congro Comas
Alunos da UEMS participaram de atividades de ensino teóricas e práticas na Embrapa Agropecuária Oeste – Foto: Christiane Congro Comas

No período de 5 a 9 de junho, estudantes do Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PGAGRO), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), campus de Aquidauna, participaram de atividades de ensino teóricas e práticas na Embrapa Agropecuária Oeste. Os estudantes de mestrado e doutorado, com área de concentração em produção vegetal, tiveram aulas condensadas.

Alguns pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste lecionam no Programa, pois a Unidade é parceria dessa pós-graduação desde a sua implantação em 2008. Ao longo da semana, os estudantes tiveram aulas com os pesquisadores Julio Cesar Salton e Michely Tomazi na disciplina de ‘Matéria orgânica do solo (MOS) e emissões de gases de efeito estufa (GEE) em sistemas de produção agropecuária’.

“Eles puderam conhecer alguns efeitos do manejo e uso do solo sobre MOS em ambiente tropical, com foco nos sistemas de produção do Mato Grosso do Sul; métodos de qualificação do Carbono do solo e o fracionamento da MOS; indicadores de qualidade do solo em sistemas de manejo e modelagem do carbono do solo”, explica Michely.

Para Jeferson Mateus Barros Osório, mestrando que se mudou de Mundo Novo (MS) para Aquidauna, há quatro meses para participar da pós-graduação, a disciplina ministrada em Dourados, está sendo muito proveitosa para suas atividades profissionais, pois ele trabalha diretamente com caracterização de matéria orgânica. “Estou tendo a oportunidade de conhecer os experimentos da Embrapa, que é uma referência no país em relação as pesquisas com sistemas produtivos integrados. Está sendo uma oportunidade de grande valia”, explicou o mestrando.

Ricardo Hilman, trabalha na Superintendência do Ministério da Agricultura, em Campo Grande, e está fazendo doutorado em Agronomia na UEMS de Aquidauna. Ele participou das atividades em Dourados essa semana, na Embrapa Agropecuária Oeste, e está muito satisfeito com a oportunidade e com qualidade da infra-estrutura para as aulas. “Estamos tendo aulas teóricas, no campo e também nos laboratórios e isso torna o nosso aprendizado dinâmico e muito mais completo”, enfatiza ele.

Em maio, eles aprenderam inúmeros detalhes do sistema de produção de milho, por meio de aulas ministradas pelo engenheiro agrônomo da Embrapa Agropecuária Oeste, Gessi Ceccon, em parceria com o professor da UEMS, Agenor Martinho Correa. No segundo semestre, vão aprender sobre fitonematóides, por meio de aulas ministradas por Guilherme Lafourcade Asmus, professor, pesquisador e Chefe Geral da Embrapa Agropecuária Oeste. Eles também terão aulas, novamente, com Júlio Cesar Salton, sobre sistemas integrados de produção.

Saiba mais – O Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PGAGRO) tem como principais objetivos disseminar a pesquisa, aplicar e desenvolver novas tecnologias na área de Ciências Agrárias e contribuir com a capacitação de profissionais que possam atuar, em instituições públicas e privadas, em atividades de ensino, pesquisa, extensão e em processos de produção agropecuária no Cerrado e no Pantanal, especialmente nos estados de MS, MT e GO.

Além de atividades no Programa de Pós-Graduação em Agronomia da UEMS, alguns pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste desempenham funções em outros cursos de pós-graduação, tanto da UEMS quanto de outras universidades da região.