Em um dia de mutirão, Dourados vacina quase duas mil pessoas contra covid-19

Campanha reforça necessidade da imunização para vencermos a Covid-19 juntos

Foram imunizados 1.990 idosos no sistema drive-thru; ação continua nos próximos dias – Foto: Leandro Silva

A Prefeitura de Dourados vacinou 1.990 pessoas somente na quarta-feira (24). Segundo a Sems (Secretaria Municipal de Saúde), foram 1.340 pessoas imunizadas nas unidades de saúde, 300 idosos no drive-thru do Jorjão (Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão) e mais 350 no Corpo de Bombeiros. O mutirão faz parte do Dourados Vacina, campanha criada pela administração para que o maior número de moradores seja imunizado contra a Covid-19. A ação segue o Plano Nacional Imunização e respeita a ordem estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O prefeito Alan Guedes acompanhou a ação no Jorjão e reforçou que a vacinação continuará nos próximos dias, tanto nas unidades de saúde, como no drive thru das 14 às 19h. “Tínhamos esse sistema nos Bombeiros e trouxemos aqui também, para essa região do grande Água Boa. Vamos continuar a vacinar nos próximos dias, e pedimos para quem puder ficar em casa. Continuem respeitando o distanciamento social, usem máscara, pra que a gente possa, aumentando também os números de UTI, garantir a cidade funcionando, aberta”, declarou.

Antes da ação, Dourados já havia aplicado 24.369 doses da vacina contra o novo coronavírus. 17.450 pessoas receberam a primeira dose e outras 6.919 foram imunizadas com a segunda. Os números contemplam a população indígena do município. “A vacina é nossa principal arma no combate a pandemia, por isso estamos fazendo todo possível para imunizar o maior número de pessoas, mas também precisamos da conscientização da população, para que continuem se cuidando e seguindo as normas sanitárias de biossegurança”, afirmou o secretário interino de saúde, Edvan Marcelo Marques.

A Sems reforça que não é possível estabelecer programação de médio e longo prazo para vacinação. A prerrogativa de comprar e distribuir vacinas no Brasil é do Ministério da Saúde, seguindo o Plano Nacional de Imunização. O município faz a distribuição conforme o recebimento de imunizantes. A prefeitura aderiu ao consórcio liderado pela Frente Nacional de Prefeitos para comprar vacinas. Mas as doses ainda são prioridade de distribuição do Governo Federal.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.