Em sorteio de moradias, Reinaldo destaca união entre os poderes e transparência de processo

Governador Reinaldo Azambuja durante sorteio de 150 moradias no Residencial Jardim Canguru em Campo Grande, nesta quarta-feira – Foto: Chico Ribeiro

A transparência e a soma de esforços entre os Poderes federal, estadual e municipal para manter entregas efetivas à população foi o tom dado pelo governador Reinaldo Azambuja durante o sorteio de 150 moradias no Residencial Jardim Canguru em Campo Grande nesta quarta-feira (6). A lista de famílias sorteadas pode ser conferidaAQUI.

“Essa parceria com a prefeitura municipal já resultou na entrega de 3.249 mil moradias. Isso demonstra a importância dos programas sociais para sair do aluguel”, ressaltou o governador citando ainda, a transparência com a participação de diversas entidades de controle externo no processo de seleção. “A participação das entidades nos dá a segurança de que estamos no caminho certo para levar a habitação que é um bem extremamente fundamental na qualidade de vida”.

Na mesma linha o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad ressaltou a presença de órgãos de controle externo e a parceria em prol da população. “Enquanto muitas pessoas se inscrevem na Agehab e Amhasf nós estamos fazendo sorteio público, com a presença de órgãos de controle externo. Essa é a transparência, essa é a ética de administrações públicas que prestam satisfação a nossa cidade, e ao nosso Estado”.

Realizado de forma remota através do sistema da Dígix, a seleção definiu as famílias contempladas e as famílias reservistas. Dentro dos critérios, 5% dos apartamentos são destinados a idosos acima de 80 anos, 15% para pessoas com deficiência, e o restante dentro dos critérios estabelecidos pelos programas FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).

Maria do Carmo Avesani Lopes, diretora-presidente da Agehab explicou as etapas que sucedem o sorteio da lista principal e da lista reserva. “O sorteio é realizado de forma transparente, ao vivo, para que todos possam acompanhar. Após o sorteio, entraremos em contato, para confirmar recebimento do documento, depois é feita uma análise e se algum critério não for comprovado, a pessoa é desclassificada e o reserva é chamado”.

Responsável por organizar os recursos para fortalecer as parcerias o titular da Secretaria de Infraestrutura, Eduardo Riedel fez um balanço das entregas já realizadas no Estado e o planejamento para a capital. “Nesses seis anos de muito trabalho e dedicação 23 mil unidades habitacionais foram entregues no Estado. A parceria é fundamental, especialmente diante do atual cenário, pois traduz em dignidade, melhora de vida e sonho de muita gente. Temos 1.737 mil casas em execução em Campo Grande e vamos fazer isso com muita transparência”.

O sorteio dos apartamentos foi realizado de forma remota pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul por meio da Agência Estadual de Habitação (Agehab), e Prefeitura Municipal de Campo Grande através da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF).

Participaram presencialmente do sorteio representantes de entidades e conselhos, Defensoria Pública da União, Defensoria Pública Geral do Estado (DPGE), o diretor presidente da Fundação Municipal de Esporte, Cláudio Serra, a diretora-presidente da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF), Maria Helena Bughi, e o vereador Edu Miranda, representando o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Carlão.

Entrega de 192 apartamentos

Nesta quarta-feira (7) as 8h o Governo do Estado realiza a entrega de 192 apartamentos no Residencial Jornalista Armando Tibana no bairro Paulo Coelho Machado em Campo Grande. O cronograma de entrega das chaves foi formatado para respeitar todas as medidas de biossegurança exigidas diante da pandemia.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.