Em operação conjunta, PRF e PF apreendem carga de cocaína avaliada em aproximadamente R$ 8 milhões

Com apoio da equipe aérea da PRF, agentes prenderam motorista que receberia R$ 100 mil para entregar cocaína no porto de Santos

Operação teve apoio da equipe aérea da PRF – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em operação conjunta com a Polícia Federal (PF), apreendeu 264 quilos de cocaína escondidos em um fundo de uma carreta em Ponta Porã.

Durante ações da Operação Rescaldo, os agentes contaram com o apoio da equipe de operações aéreas da PRF para abordarem um caminhão Scania/G 380, tracionando dois semirreboques. O conjunto possuía placas de Cafelândia/PR. O motorista era um homem de 26 anos.

Os policiais localizaram no semirreboque, que estava carregado com soja, um fundo falso. Dentro, estavam escondidos 264 quilos (duzentos e sessenta e quatro quilos) de cocaína. Segundo o condutor, ele teria pego a droga em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e deveria entregar no porto de Santos/SP. Ele disse também que receberia R$ 100.000 (cem mil reais) pelo serviço de transporte. A carga é avaliada em aproximadamente R$ 8 milhões, visto que o quilo da droga alcança um preço médio de R$ 30 mil nos grandes centros.

O preso, a carrega e o ilícito foram encaminhados à Polícia Federal em Ponta Porã.