Presidente da Famasul, Maurício Saito, na entrega dos certificados – Divulgação

O Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural realizou, nessa terça-feira (07), a entrega de certificados dos cursos para os alunos dos cursos realizados com a parceria do Sindicato Rural de Douradina – a 200 km de Campo Grande. Ao todo, mais de 450 pessoas realizaram capacitações em 2018, no município.

Além do presidente Mauricio Saito, o diretor-tesoureiro da Federação, Marcelo Bertoni, e o diretor-secretário do Sistema Famasul, Frederico Stella, também participaram do evento.

Saito ressaltou a importância da educação para o produtor e trabalhador rural. “Não há transformação sem conhecimento! Por isso, quero mais uma vez parabenizar o esforço do sindicato em proporcionar acesso à informação para a população de Douradina”, ressaltou.

O presidente do sindicato, Cláudio Pradella, agradeceu a participação e parceria de todos os envolvidos para que o resultado pudesse ser colhido agora. “Nosso papel é representar os produtores rurais, junto com a Famasul, e a formação profissional passa por esse compromisso. Agradeço a população e a toda cidade, prefeitura e secretários”, afirmou. Pradella foi um dos alunos que recebeu, das mãos do presidente do Sistema Famasul, um certificado de conclusão de curso.

O prefeito de Douradina, Jean Sérgio Clavisso Fogaça, destacou: “É isso que o município precisa: de parcerias. O estado sozinho não dá conta mais das demandas”, completou. Além da entrega de certificados, os professores, alunos e diretores participantes do programa Agrinho receberam as medalhas pela participação no ano passado.

Transformando Vidas – A douradinense Luciana Sanches fez o curso de piscicultura e se surpreendeu: “Mudou muita coisa na minha vida. Moro numa propriedade aqui perto e já estamos planejando abrir os tanques para produzir peixe”.

Para a aluna Sara Vieira, que fez capacitação na área de artesanato, o curso trouxe oportunidade de renda: “Lá em casa já fiz algumas peças e vou começar a vender tapetes e capas de fuxico”.