Em abril, Cine Sesc apresenta seleção que permeia os limites da liberdade e curta produzido em MS

Para o mês de abril, o Cine Sesc do Sesc Cultura, em Campo Grande, programou uma seleção de filmes que permeiam os limites da liberdade. As exibições ocorrem sempre às terças-feiras às 19 horas e às quintas-feiras, às 15h com reprise às 19 horas, com público limitado a 10 pessoas, para cumprimento das regras de distanciamento social e o uso da máscara é obrigatório.

Nas sessões dos dias 06 e 08 de abril será exibido “A festa (2017)”, com direção de Sally Potter. O longa, premiado no Festival de Berlim 2017, parte do poder, vaidade e cinismo. Sinopse: Janet, uma política de esquerda, convida os amigos do partido para comemorar a nomeação para o cargo de Ministra da Saúde britânica, coroando um objetivo que ela perseguia há anos. Seus amigos também têm suas revelações, como uma gravidez inesperada. Mas, é a surpresa revelada pelo marido de Janet, o intelectual Bill, que transforma completamente o evento, fazendo a festa logo se transformar em pesadelo de Elias.

No dia 13, às 19 horas, estará em cartaz “Entre Parágrafos e Terra Vermelha”, a Leitura no Mato Grosso do Sul (2020), dirigido por Hemilly Silva e Aline Silva Vieira. O curta retrata a leitura no estado de Mato Grosso do Sul abordando diversos temas e gêneros literários, como fantasia, romance e realismo fantástico, além de poesia e contos de autores sul-mato-grossenses.

No dia 15 de abril será exibido “Uma temporada na França”, que integrou a Seleção Oficial Festival Internacional de Cinema de Vancouver 2017 e Festival de Toronto 2017. O filme dirigido por Mahamat-Saleh Haroun retrata com muita sensibilidade a dor da experiência de refugiados na Europa. Sinopse: Abbas, um professor africano deixou seu país para ficar longe da guerra civil que assolava a África Central. Junto com seus dois filhos, partiu para a França buscando um recomeço, e lá pediu asilo político. Ele se apaixona por Carole, que oferece teto e comida para Abbas e seus filhos. Após dois anos de espera, o pedido foi rejeitado pelo governo, e prestes a ser expulso do país, eles precisam tomar uma difícil decisão. Seleção oficial – Festival Internacional de Vancouver 2017 – Seleção Oficial – Festival Toronto 2017

Nos dias 20 e 22, “Em pedaços”, do alemão Fatih Akin. O filme que levou o Globo de Ouro como melhor estrangeiro, traz reflexões sobre a limitação da justiça em oprimir a opressão e a necessidade de garantias de um Estado Democrático de Direito. Após cumprir pena por tráfico de drogas, o turco Nuri Sekerci (Numan Acar) leva uma vida amorosa e tranquila com a esposa Katja Sekerci (Diane Kruger) e o filho Rocco na Alemanha. Certo dia ele e o menino estão no escritório e morrem vítimas de uma explosão criminosa, tragédia que deixa Katja sem chão. Ela batalha na justiça pela punição dos culpados, um casal neonazista, e, insatisfeita com o desenrolar do caso, decide pela vingança com as próprias mãos.

Encerrando a programação no mês do Cine Sesc, nos dias 27 e 29 será exibido o aclamado em Cannes “Los silêncios”, dirigido pela brasileira Beatriz Seigner que se passa em uma ilha amazônica na fronteira entre Colômbia, Peru e o Brasil e retrata os conflitos de grupos armados e a relação dos moradores no convívio com seus familiares mortos. Amparo (Marleyda Soto) é mãe de dois filhos pequenos e está fugindo dos conflitos armados da Colômbia. Na tríplice fronteira do país com o Peru e o Brasil, ela e os meninos se abrigam em uma pequena ilha com casas de palafitas no Rio Amazonas. No local, eles encontram o pai (Enrique Diaz), que supostamente estava morto.

Serviço – O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, 2270 – Centro, Campo Grande – MS. Informações pelo telefone (67) 3311-4300 ou pelo WhatsApp (67) 99898-1371. Acompanhe as ações do Sesc Cultura @sescculturams e Facebook/sescculturams.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.