Secretário de Governo, Celso Schuch representou a prefeita Délia Razuk no evento e falou sobre “Democracia e Saúde” – Foto A. Frota

A 8ª Conferência Municipal de Saúde de Dourados foi aberta nesta quinta-feira (11), no auditório da Unigran, e contou com ampla participação de público. A primeira etapa do evento contou com a palestra “Democracia e Saúde”, ministrada pelo doutor em linguística aplicada Conrado Neves Sathle.

Representantes da área da saúde, usuários, estudantes e autoridades políticas estiveram presentes no evento que teve como tema central “Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS (Sistema Único de Saúde)”.

O secretário de Governo, Celso Schuch, representou a prefeita Délia Razuk e abordou os desafios de Dourados no segmento, com ênfase ao atendimento prestado à macrorregião, que abrange 33 municípios.

“Atendemos Dourados e os municípios do entorno; somos referência em saúde. No entanto, necessitamos de maior atenção para que a demanda seja atendida satisfatoriamente. É uma responsabilidade muito grande. Necessitamos trazer esse assunto à tona. É um grande desafio e buscamos atender democraticamente a todos”, pontuou.

A secretária de Saúde, Berenice Machado, falou da importância do evento para o norteamento de ações com foco em melhorias na área.

Ela destacou que os profissionais do segmento têm se doado “com coragem”, o que é um diferencial na saúde pública do município. Também citou que tem buscado ações na pasta para que “o trabalhador do meio e os usuários se sintam cada vez mais acolhido”.

O direcionamento da Conferência é avaliar e propor diretrizes para a formulação da política de saúde pública. Posteriormente acontecem as Conferências estadual e nacional.

A programação tem sequência na tarde desta quinta-feira (11) e na sexta-feira (12) durante a manhã (7h às 11h) e a tarde (13h às 17h), na Unigran.