EaD da Secretaria Municipal de Educação contou com mais de 2500 profissionais inscritos no primeiro semestre do ano

Semed cria plataforma com objetivo de ofertar formação continuada aos profissionais da Educação – Foto: A. Frota

Mais de mil profissionais da Educação realizaram cursos online no primeiro semestre de 2019, por meio do ambiente virtual de aprendizagem, EaD Semed, criado pelo NTEM (Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal). A Prefeitura de Dourados, por meio da Semed (Secretaria Municipal de Educação), direcionou a criação da plataforma dentro do objetivo de ofertar formação continuada aos profissionais.

Conforme a Semed, Dourados é pioneiro em Mato Grosso do Sul a ofertar o ambiente virtual, com software gratuito, com processos colaborativos, acessível através da Internet, permitindo a criação de cursos online, grupos de trabalho e comunidades de aprendizagem.

Dois cursos foram concluídos no primeiro semestre com 1.002 profissionais inscritos. Cursos que serão ofertados e estão em andamento no segundo semestre já somam mais de 1.500 inscritos.

Na EaD Semed, os potenciais são oferecidos pela plataforma Moodle que vão desde a oferta de material teórico, em diferentes mídias, como textos, apresentações audiovisuais, à interação/colaboração entre formadores e cursistas, por meio de fórum, chats, questionários com correção automática.

A professora Valeria Ribeiro, coordenadora do NTEM, destaca que outro diferencial da EaD Semed é a geração automática de certificados para os cursistas, na conclusão do curso, o que contribui com meio ambiente por evitar impressão dos documentos.

O secretário de Educação, Upiran Jorge Gonçalves da Silva, enfatiza que a estruturação da EaD Semed atende metas do PME (Plano Municipal de Educação) que versam sobre qualidade de ensino e formação continuada de todos os profissionais da Reme (Rede Municipal de Ensino).

“O ambiente virtual visa ao fomento das formações continuadas oferecidas pela Semed. Os cursos são oferecidos de acordo com as demandas que surgem na Secretaria e também para apoiar os programas federais do MEC”, destacou o secretário.

Os trabalhos na plataforma foram iniciados efetivamente em fevereiro de 2019, com o desenvolvimento das atividades referentes à Semana Pedagógica.

No segundo semestre letivo, há previsão de novos cursos para atender as demandas que as escolas enviam para a Semed e outras que o próprio NTEM planeja, a fim de cumprir o Plano Anual de Ações do Núcleo.

É possível visitar a plataforma no endereço eletrônico: ead.semed.dourados.ms.gov.br.