Dourados, Amambai, Novo Horizonte do Sul e Rio Brilhante firmam parceria com o Sebrae

Participaram da solenidade os prefeitos Alan Guedes, de Dourados; Edinaldo Luiz Bandeira, de Amambai; Lucas Foroni, de Rio Brilhante; e Guga, de Novo Horizonte do Sul – Assessoria

Programa vai promover o desenvolvimento local e transformar a economia

Em solenidade, realizada na sede do Sebrae Dourados, nesta sexta-feira (7), quatro municípios da região Sul do Estado firmaram parceria com o Sebrae/MS para a execução do Cidade Empreendedora – programa que visa transformar a economia e promover o desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos pequenos negócios. Na data, participaram da solenidade para assinatura dos contratos os prefeitos Alan Guedes, de Dourados; Edinaldo Luiz Bandeira, de Amambai; Lucas Foroni, de Rio Brilhante; e Guga de Novo Horizonte do Sul.

Como representantes do Sebrae/MS, estiveram presentes o presidente do Conselho Deliberativo (CDE) da instituição e titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck e o diretor superintendente, Claudio Mendonça. Além dos conselheiros do CDE Alfredo Zamlutti, presidente da Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS), e Nilson dos Santos, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED).

Com a contratação do programa, o Sebrae/MS acompanha os municípios durante 15 meses e o trabalho é desenvolvido a partir do eixo competitivo escolhido por cada prefeitura. No caso de Dourados, Novo Horizonte do Sul e Amambai a opção escolhida foi “Cidade de Negócios” – uma estratégia voltada para alavancar o município por meio do empreendedorismo, gerando emprego e renda. Já Rio Brilhante optou pelo eixo “Cidade Agro” que possui o foco no potencial produtivo da cidade com a proposta de estimular o pequeno produtor e criar incentivos para impulsionar a economia agrícola local.

De acordo com Jaime Verruck, tanto na área urbana quanto no campo, o programa vai dar suporte aos pequenos empresários, além de trabalhar junto com a gestão municipal para melhorar o ambiente de negócios nos municípios. “A ideia do projeto é valorizar esse pequeno empresário e buscar alternativas de desenvolvimento no próprio local onde ele está para que a cidade passe a gerar mais emprego, tenha mais competitividade e possa melhorar o ambiente de negócios. Esse é o objetivo do Cidade Empreendedora e isso se faz através de consultoria, capacitação, melhorias na legislação, redução de custos de cobranças de registros de empresa, então, esses são os caminhos que o programa vai trazer para Dourados, Rio Brilhante, Novo Horizonte do Sul, Amambai e para os demais municípios que aderiram à iniciativa”, pontuou Verruck.

Segundo Cláudio Mendonça, as ações trazidas pelo Cidade Empreendedora são validadas, já foram aplicadas em municípios de todo o Brasil, e o resultado positivo está diretamente atrelado ao trabalho em conjunto feito com as gestões municipais e ao comprometimento das lideranças. De acordo com ele, as prefeituras deram um passo importante ao decidir implementar o programa.

“Quero deixar os meus parabéns a esses prefeitos porque acreditaram que é possível desenvolver o seu município com planejamento, mas incluindo o pequeno negócio. Além do suporte ao empresário, esse trabalho também engloba as políticas públicas. Quando a gente estuda as leis do município e revê todo esse arcabouço que hoje rege a vida de uma empresa, a gente consegue facilitar e criar um ambiente favorável para o pequeno negócio”, ressaltou Claudio.

Nesta edição do Cidade Empreendedora, além dos quatro municípios que assinaram contrato durante a solenidade, outros 15 já aderiam ao programa. Dentre as ações promovidas pela iniciativa estão a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

Trabalho nos municípios 

Em Dourados, o Cidade Empreendedora começa a ser executado já na segunda-feira (10) com a ação Sebrae na sua Empresa, quando os agentes do Sebrae/MS vão percorrer os empreendimentos locais para identificar quais são os principais problemas enfrentados pelos empresários e propor soluções. Mais do que auxiliar diretamente o empresário, a abordagem porta a porta também vem para mapear a situação dos comércios locais.

Já no caso de Amambai, Rio Brilhante e Novo Horizonte do Sul, a solenidade de assinatura veio como uma formalização da parceria entre as prefeituras e o Sebrae/MS, pois nesses municípios a execução do Cidade Empreendedora teve início no dia 12 de abril.

O primeiro passo do programa nas cidades também foi a ação Sebrae na sua Empresa e os agentes do Sebrae já visitaram boa parte dos pequenos negócios. Em Novo Horizonte do Sul foram 70 atendimentos, em Amambai foram 280 e em Rio Brilhante foram 190. A abordagem porta a porta continua a ser realizada nos municípios e, até o final do programa, a expectativa é que mais de 2.600 empresários sejam visitados, no total, nas três cidades.

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do telefone 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (67) 3389-5300.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.